Dando asas à informação

Americano compra envelope por US$ 3,50 em mercado de pulgas, e descobre fotos perdidas de Barcelona feitas por algum desconhecido mestre

Quando o turista americano Tom Sponheim comprou uma pilha de fotos negativas por apenas US$ 3,50 em um mercado de pulgas em Barcelona em 2001, provavelmente não esperava encontrar o trabalho secreto de algum mestre escondido dentro do envelope.

Mas foi exatamente com isso que ele se deparou quando voltou para casa e revelou as imagens. Como você pode ver abaixo, elas são nada menos do que impressionantes.

Instigado a aprender mais sobre a pessoa misteriosa por trás da lente, Sponheim criou uma página no Facebook em 2010. Nela, hospedou as fotos que tinha revelado e comprou anúncios dirigidos a entusiastas da fotografia em Barcelona.

Apesar da popularidade da página, e de várias pessoas se identificarem nas fotografias, o fotógrafo (ou fotógrafa) permaneceu desconhecido até que Begoña Fernández viu as imagens, em 2017. Aturdida por sua beleza, ela iniciou uma fervorosa busca pelo mestre responsável por elas.

Primeiro, ela conseguiu identificar uma escola primária em uma das fotografias, e descobriu por ali que um concurso de fotografia realizado em 1962 tinha locais de cliques semelhantes aos das fotos.

Sua pesquisa acabou levando-a aos arquivos de uma antiga associação de fotografia chamada Agrupació Fotográfica de Catalunya. Lá, ela finalmente encontrou uma foto em uma revista que reconheceu da página do Facebook de Tom.

A imagem estava creditada a Milagros Caturla, uma mulher que se formou como professora, mas trabalhou como administradora. Ela era uma entusiasta da fotografia que ganhou vários concursos locais, e até tinha um quarto escuro de revelação em seu apartamento antes de sua morte, em 2008.

Milagros não está mais entre nós, mas Fernández e Sponheim estão determinados a garantir que o seu legado viva, introduzindo o seu trabalho para um público maior. As fotografias de Caturla aparecerão no festival Revela-T de Barcelona em maio, e tomara que esteja seja a primeira exibição de muitas, porque não há como negar que suas obras merecem estar nas paredes de galerias, e não nas mesas de mercados de pulgas.

Confira algumas de suas fotos: [BoredPanda]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *