Dando asas à informação

Empresa colombiana vende roupa à prova de balas

bulletproof-clothing-550x309

Uma empresa com sede em Bogotá se especializou em roupas “fashion” que podem proteger usuários contra tiros e ataques de faca: são peças de vestuário normais à prova de balas, que podem suportar munição de uma variedade de armas como 9 mm, .44 e um revólver 3.75.

As roupas de proteção, agora vendidas em 18 países, já foram usadas pelo vice-presidente da Colômbia, Francisco Santos, pelo ex-presidente da Venezuela, Hugo Chaves, pelo Príncipe da Espanha e até mesmo pela estrela de filmes de ação, Steven Seagal.

A Colômbia é notória por seu tráfico de armas e de drogas e é considerada um dos países mais violentos e perigosos da América Latina. Lá, muitas pessoas tentam se proteger da melhor forma que podem, com carros e coletes à prova de balas.

Durante seus anos universitários, Miguel Caballero e John Murphy notaram a necessidade de segurança das pessoas e resolveram começar um negócio rentável de roupas à prova de balas elegantes e leves.

“A maioria dessas pessoas andam em carros blindados, mas elas precisam de algo para vestir quando saem do carro e caminham para sua casa ou restaurante”, disse Murphy, que deixou a parceria, mas ainda vende as roupas inovadoras que ele e Miguel criaram.

Os dois desenvolveram um material que absorve o choque de uma bala de forma eficiente. Caballero e seu ex-parceiro costumavam testar seus produtos em si mesmos para avaliar e validar a sua qualidade.

Kevlar, o material utilizado nas primeiras versões dos produtos à prova de balas, para com sucesso uma bala, mas o protegido acaba com uma bela contusão e talvez um par de costelas quebradas. Isso porque não absorve o choque de um projétil por um tempo longo o suficiente.

Murphy descobriu isso dolorosamente: após uma demonstração de tiro no qual ele interpretou o alvo humano, acabou com um grande hematoma no estômago. “Eu não podia andar por três dias. E foi aí que decidimos que tínhamos que melhorar o nosso produto”, conta.

Felizmente, agora levar um tiro é muito fácil. “Eu já fui baleado 15 vezes. É como um soco, como ser atingido com o fim de um taco”.

Falando sobre os coletes de proteção que seguranças usavam antes deles começarem o seu negócio, Caballero disse: “Esses caras não usavam o melhor, porque era muito desconfortável e pesado. Também eram muito quente. Dez anos atrás, os coletes pesavam cerca de 4,5 kg, mais ou menos. Felizmente, esse peso foi reduzido a meros 1,2 kg”.

Além disso, agora você não precisa sair na rua usando um óbvio colete à prova de balas, mas sim um colete de aparência normal, ou mesmo um terno que nada perde para os comuns, pouco protetores.

bulletproof-clothing3-550x393

Agora, Caballero projeta todo tipo de itens de vestuário, incluindo jaquetas de couro e camurça, todos à prova de balas. Os funcionários da loja até testam a roupa em si mesmos em um esforço divertido de garantir a qualidade de sua marca. “Todos os novos funcionários têm de tomar parte em uma demonstração real”, explica Caballero. Se você quer trabalhar para ele, tem que acreditar nos seus produtos o suficiente para levar um tiro.

Recentemente, Miguel Caballero decidiu expandir seu negócio, criando uma linha de roupas e acessórios para crianças também. [OddityCentral]

4 comentários

  1. Caros senhores

    gustaria de ver catalogo e lista de preços e, lhes propor representação no Brasil

    marini

    • Gostaria de comprar ou ser um representante desse produto como faço pra mais informações

  2. Buenos dias vivo aqui em rio de janeiroqueria ver como ago para comprar por mayor o obter reprecentasiom de sus produtos de roupas a prova de balas

  3. Prezado Senhor,

    No Brasil ja tem oande comprar. Ou como posso comprar c voces?

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *