Dando asas à informação

Fotógrafa transforma crianças com necessidades especiais em super-heróis

A fotógrafa Renee Bergeron faz imagens belas e poderosas de crianças com necessidades especiais para seu “Projeto do Super-herói” (“The Superhero Project”, no original em inglês).

Ela teve essa ideia em 2012 quando estava tirando fotos do seu filho, Apollo, que nasceu com um duplo arco aórtico. Ele precisou fazer duas cirurgias cardíacas naquele ano, e teve um tubo de alimentação colocado em seu corpo.

Reneee queria que ele se sentisse importante e forte, e não como uma vítima de seu coração problemático. Como é uma fotógrafa profissional, fez várias fotos retratando-o como um super-herói. Quando viu o quanto ele amava as imagens, decidiu oferecer estas sessões a outras crianças com necessidades especiais, e foi assim que nasceu essa belíssima série.

Cody

1---

1--

1-

1
“Cody parece-me sempre à beira de uma nova capacidade, prestes a correr, contar, conversar. Quando eu fico desanimada, olho para estas fotos e lembro-me de que não há limites para ele”, diz a mãe de Cody. “Espero que, um dia, quando ele fique mais velho, ele possa olhar para essas fotos e ver o que eu vejo. Um presente de valor inestimável e um precioso super-herói prestes a enfrentar o mundo”.

Apollo

2-

2
Esse garotinho foi a inspiração para o projeto. Ele possui uma malformação congênita cardiovascular relativamente rara, mas tem todo o apoio dos pais para superar sua condição.

Melanie

3-

3
Melanie é uma menina de 4 anos brilhante e energética, que acorda todos os dias sorrindo. Ela tem um diagnóstico de autismo, bem como epilepsia e transtorno de processamento sensorial. Mesmo que estas condições tornem as coisas muito mais difíceis, Melanie mostra nada além de felicidade e perseverança.

Mila

4-

4
Mila está sempre ao lado de seu irmão protetor. Ela é uma criança muito bonita com apraxia de fala. Ela pode não ter muitas palavras, mas seu rosto diz tudo!

Avery

5-

5
“Essas fotos são minhas favoritas dela, capturam seu espírito de uma maneira que nada mais faz. O projeto do super-herói foi uma oportunidade para celebrar ambos, quem é Avery, bem como o que ela não é. Ela não é definida por seus atrasos, mas é uma criança que ri com facilidade, ama rapidamente, muitas vezes perdoa e dá a sua família e amigos uma profunda mudança de perspectiva sobre o que valorizamos na vida. Seu espírito foi realmente capturado para o mundo comemorar com a gente”, diz a mãe da pequena.

Victoria

6

6-
“Nestas fotos, vejo minha filha muito bem feita. Eu comemoro sua discrepância de comprimento dos membros. Estou orgulhosa de quão forte ela é. Estas fotos capturam tudo isso e muito mais. Eu não poderia ser mais grata”, conta a mãe de Victoria, garotinha que nasceu com deficiência congênita do fêmur. Isto significa que o fêmur em uma de suas pernas é mais curto do que deveria ser. A menina será submetida a uma série de operações para alongar a perna enquanto cresce. [BoredPanda]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *