Dando asas à informação

Fotos raras de Frida Kahlo durante os últimos anos de sua vida, para comemorar seu 110º aniversário

Neste mesmo dia em 1907, o ícone da arte moderna Frida Kahlo, uma mulher à frente do seu tempo, nasceu em um município na Cidade do México.

Embora ela só tenha vivido até os 47 anos, deixou um legado que ainda fascina e inspira hoje. Além de ser uma pintora e artista fenomenal, seu envolvimento com a política e o desenvolvimento de sua noção como mulher a tornaram símbolos da resistência e do feminismo.

As fotos raras abaixo, feitas pela famosa fotógrafa francesa Gisèle Freund no início dos anos 50, documentam os últimos dias desse grande ícone cultural e servem como um tributo adequado à sua memória.

Freund veio morar com Kahlo e seu marido, Diego Rivera, na Cidade do México depois de fugir da tensão política na Argentina. A saúde de Frida estava em declínio acentuado nesta época, em grande parte devido a uma série de cirurgias espinhais mal sucedidas.

Ela também estava mentalmente e emocionalmente indisposta, e sua arte tornou-se escura e sombria – suas roupas, no entanto, permaneceram coloridas e excêntricas. Embora tenha sido um momento tumultuado para Kahlo, as fotos Gisèle Freund capturam a nebulosa beleza da pintora incomodada, e a dedicação ao trabalho que ela manteve até seu último suspiro.

Frida Kahlo faleceu em casa em julho de 1954, apenas um ano depois de Gisèle Freund ter retornado a Paris. A coleção de fotos de Freund foi publicada por Harry N. Abrams em 2015 e exibida na Throckmorton Fine Art, em Nova York, nos EUA, no mesmo ano. [BoredPanda]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *