Dando asas à informação

Ilha de Aogashima: vivendo dentro de um vulcão

Se você acha que ninguém vive dentro de uma gigantesca cratera vulcânica, temos cerca de 200 pessoas para contrariar tal opinião.

Essa é a população habitante da ilha japonesa vulcânica de Aogashima. Ela faz parte do arquipélago de Izu, e fica 320 quilômetros ao sul de Tóquio, no Mar das Filipinas. Em 2009, tinha 205 habitantes registrados, uma escola e um correio.

A ilha é parte do Japão e governada por Tóquio. Seu formato “estranho” tem uma explicação: Aogashima é um vulcão dentro de um vulcão.

A ilha toda é uma cratera gigante, dentro da qual está situada uma versão muito menor de si mesmo (outra cratera vulcânica). Isso dá ao lugar um apelo bastante misterioso. É difícil de acreditar que ainda existem locais como esse no mundo, intocados pela atividade humana, mas é verdade.

Toda a população de Aogashima vive em uma pequena parte da ilha, onde há um armazém geral e um heliporto. As opções de acessibilidade não são muitas, já que só é possível chegar lá por balsa ou helicóptero (nada não esperado para uma ilha remota que é um vulcão).

Apesar disso, se quiser viajar para um lugar calmo e interessante, esse pode ser o destino perfeito. Obviamente que não é uma boa ideia para quem procura uma grande vida noturna ou abundantes opções de gourmet, mas Aogashima possui muitas outras atividades encantadoras.

Para começar, é um ótimo lugar para relaxar e descontrair. O mergulho é uma atividade popular nas suas águas intensamente azuis. Você também pode considerar caminhadas ao vulcão (e acampar por lá), ou visitar as fontes vulcânicas quentes.

No centro da ilha, há uma sauna geotérmica. O vulcão principal libera vapor quente usado para alimentar uma sauna pública, maneira perfeita de relaxar após um longo dia de caminhada. Você pode até mesmo cozinhar alimentos nesse vapor, nas panelas disponíveis fora da sauna.

Por fim, se você realmente planeja visitar Aogashima, deve saber que a ilha na verdade é um vulcão ativo. A última grande erupção foi mais de 200 anos atrás, em 1785. Diz-se que 140 pessoas morreram. Como isso já faz tempo, o vulcão pode estar “pronto” para outra erupção em breve. Se você não é do tipo de correr riscos, simplesmente desfrute das belas imagens desse lugar incrível.[OddityCentral]

3 comentários

  1. lugar bonito, mas nao arriscaria viver nesse lugar

  2. Viver em qualquer grande centro, é certamente mais arriscado que lá!!

  3. Comment

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>