Dando asas à informação

Museu subaquático funcionará como galeria de arte e recife artificial nas Ilhas Canárias

“Museo Atlantico” será o primeiro museu de arte contemporânea subaquático da Europa, sendo que sua primeira fase constará de esculturas feitas pelo artista de renome internacional Jason deCaires Taylor.

Situado nas águas límpidas e azuis ao largo da costa de Lanzarote, nas Ilhas Canárias, Espanha, o Museo Atlantico caracterizará uma série de instalações construídas 12 metros abaixo da superfície do oceano.

Acessível a snorkelers, mergulhadores e observadores através de barcos com fundo de vidro, o museu deverá ser concluído até dezembro de 2016 e será composto por dez galerias.

O projeto baseia-se no diálogo entre arte e natureza e é projetado para criar um recife artificial em grande escala a fim de agregar espécies de peixes locais e aumentar a biomassa marinha.

Por outro lado, as obras vistas ali questionam a mercantilização e delimitação dos recursos naturais mundiais e sensibiliza as pessoas para as ameaças atuais que os oceanos enfrentam. A extraordinária série já pronta contém representações de refugiados desesperados, turistas fazendo selfies e híbridos fantásticos de pessoas e plantas extraídas da flora e fauna de Lanzarote.

Referenciando o status único de Lanzarote como Reserva da Biosfera pela UNESCO, as obras também irão incorporar uma instalação arquitetônica de larga escala e um jardim subaquático com uma variedade de espécies locais.

A galeria é construída com materiais com pH neutro ambientalmente amigáveis, incluindo um cimento especialmente desenvolvido para o mar, estruturas de aço inoxidável e fibra de vidro. As formações das esculturas são adaptadas para atender a vida marinha endêmica, posicionadas em uma baía com colonização modesta.

O projeto deve criar uma nova área de habitat para a vida marinha, enquanto reafirma o papel de Lanzarote como uma ilha moderna, dinâmica e cultural celebrando seus recursos naturais únicos.

Ocupando uma área de leito do mar de 50m x 50m, o museu vai durar centenas de anos, mas será uma exposição em constante mutação conforme a vida marinha transformar as superfícies das esculturas.

O local vai ser aberto para visitantes no final de fevereiro, com novas galerias sendo adicionadas ao longo do ano até o museu ser concluído. [BoredPanda]

breathtaking-underwater-museum-turns-ocean-floor-into-art-gallery-and-doubles-as-artificial-ree__880

breathtaking-underwater-museum-turns-ocean-floor-into-art-gallery-and-doubles-as-artificial-ree-2__880

breathtaking-underwater-museum-turns-ocean-floor-into-art-gallery-and-doubles-as-artificial-ree-3__880

breathtaking-underwater-museum-turns-ocean-floor-into-art-gallery-and-doubles-as-artificial-ree-4__880

breathtaking-underwater-museum-turns-ocean-floor-into-art-gallery-and-doubles-as-artificial-ree-5__880

breathtaking-underwater-museum-turns-ocean-floor-into-art-gallery-and-doubles-as-artificial-ree-8__880

breathtaking-underwater-museum-turns-ocean-floor-into-art-gallery-and-doubles-as-artificial-ree-9__880

breathtaking-underwater-museum-turns-ocean-floor-into-art-gallery-and-doubles-as-artificial-ree-12__880

breathtaking-underwater-museum-turns-ocean-floor-into-art-gallery-and-doubles-as-artificial-ree-15__880

breathtaking-underwater-museum-turns-ocean-floor-into-art-gallery-and-doubles-as-artificial-ree-16__880

breathtaking-underwater-museum-turns-ocean-floor-into-art-gallery-and-doubles-as-artificial-ree-171

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *