Dando asas à informação

Porque ficamos vermelhos? A ciência por trás da queimadura de sol

Você passou o dia todo na praia e agora está tão vermelho e dolorido que tem vontade de chorar.

Todos sabemos o que isso significa: a exposição excessiva ao sol danificou a nossa pele. Mas porque isso
acontece? O que causa a inflamação que nos deixa vermelhos e doídos?

Um estudo da Universidade da Califórnia em San Diego (EUA), publicado no periódico Nature Medicine, descobriu um “sinal” molecular que provoca as nossas queimaduras.

Funciona da seguinte maneira: nos deitamos como lagartixas no sol. Milhares de raios ultravioleta B (UVB) atingem as células de nossa pele, danificando uma forma específica de RNA (parente do DNA), chamado de micro-RNA.

Em seguida, o micro-RNA danificado libera um “sinal” de lesão solar e pede para células saudáveis vizinhas que estimulem a produção de fatores que vão causar a inflamação. Claro que esse sinal que provoca inflamação não quer apenas nos deixar com dor. O processo tem como objetivo remover as células danificadas pelo sol, que poderiam se tornar cancerosas se não fossem eliminadas.

“As células mortas ou danificadas pelo sol liberam RNA danificado, o que pode causar câncer. As células saudáveis podem sentir isso e vão tentar impedir”, disse o pesquisador Dr. Richard Gallo.

Essa descoberta pode ter implicações médicas. Por exemplo, um tratamento para a psoríase, uma doença da pele, é a exposição à luz ultravioleta. Mas enquanto a luz pode aliviar os sintomas da condição, também aumenta o risco de câncer de pele. Agora, o estudo indica que certas moléculas de RNA podem ser usadas no lugar da terapia de ultravioleta, para produzir o mesmo benefício.

Também, pacientes de certas doenças autoimunes podem ter a sensação de queimação mesmo com muito pouca exposição à luz ultravioleta, antes de qualquer dano celular insalubre ocorrer. A pesquisa sugere que o bloqueio via micro-RNA pode ser uma forma de reduzir a inflamação nestes pacientes.

Eu sei o que algumas pessoas pensaram: e se sempre bloqueássemos essas moléculas, para que nunca fiquemos queimados? Usar tal tratamento apenas para evitar queimaduras solares não é recomendável, segundo os cientistas, porque essa é uma forma importante do corpo se curar e se livrar de células danificadas. Melhor queimada do que com câncer, por exemplo.[MSN]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *