Dando asas à informação

1.600 pandas de papel passeiam pelo mundo, representando toda a população do animal

paper-mache-panda-tour-paulo-grangeon-1

O artista francês Paulo Grangeon, em conjunto com o World Wildlife Fund (WWF), decidiu criar 1.600 pequenos pandas de papel machê em Taiwan e levá-los em uma excursão através do mundo.

O número de pandas não foi escolhido ao acaso – cada um representa um indivíduo dos apenas 1.600 (ou menos) pandas que ainda existem na natureza.

paper-mache-panda-tour-paulo-grangeon-2

Assim, enquanto esses animais podem parecer uma multidão quando juntados em uma praça de uma cidade grande, fica claro que há muito poucos deles quando você percebe que o que você vê representa toda a população selvagem de pandas.

Os pandas visitaram 10 cidades na Ásia, além de capitais europeias famosas como Paris e Roma, antes de voltar para casa em Taiwan.

paper-mache-panda-tour-paulo-grangeon-3

Os esforços para aumentar a população de pandas são mantidos com dificuldade, devido a cada vez maior diminuição de seu habitat natural, além dos problemas em fazer com que pandas se acasalem em cativeiro. Mesmo pandas selvagens têm dificuldade de acasalamento, pois eles têm apenas uma pequena janela de tempo (geralmente 2 a 3 dias) uma vez por ano durante a qual a fêmea pode ser fertilizada. Coitados, não? [BoredPanda]

paper-mache-panda-tour-paulo-grangeon-5

paper-mache-panda-tour-paulo-grangeon-7

paper-mache-panda-tour-paulo-grangeon-9

paper-mache-panda-tour-paulo-grangeon-10

paper-mache-panda-tour-paulo-grangeon-11

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *