Dando asas à informação

10 dicas importantes para degustar sua cerveja

Você bebe cerveja há tanto tempo que acha que não há mais nada a se descobrir sobre ela. Não é verdade! Confira como apreciar muito mais sua bebida, vendo como gelá-la apropriadamente, qual é a mais refrescante, entre outras dicas.

1 – Copo não é enfeite

A coloração e a formação de espuma da bebida são importantes, e para observá-las, você precisa de um copo transparente sem cor.

E, para você que acha que o formato do copo é frescura, saiba que ele faz diferença. Se bem escolhido, tende a melhorar a degustação dos vários tipos de cerveja.

Por exemplo, cervejas leves podem ser bebidas em copos tipo tulipa. O importante é ter um “suporte”, um “pé” que impeça que o calor da mão esquente o líquido. Já os tipos com mais aroma devem ser tomados em copos com bojo largo, que favorecem o desenvolvimento dos cheiros.

As cervejas de trigo têm alta carbonatação, grande formação de espuma e um fermento que fica no fundo da garrafa e que deve ser misturado à cerveja. Por isso, o melhor é tomá-la em copos compridos e mais largos no topo, que comportam 500 mililitros, chamados de weizen.

Os copos americanos são úteis para beber cervejas leves bem geladas. Como é pequeno, o consumo do líquido é rápido e não dá tempo da bebida esquentar. Por fim, as cervejas do tipo champenoise, feitas com um método de fermentação semelhante ao do champanhe, devem ser bebidas nas taças do tipo flûte.

2 – Lata ou garrafa?

Se até pra beber refrigerante, as pessoas acham que o da garrafa (de vidro) é melhor, quem dirá a cerveja.
Agora vem a surpresa: não há nenhuma diferença entre os dois produtos. O processo de produção da bebida é igual, e a única diferença é pequena: na resistência da garrafa, que acaba retendo mais gás carbônico, o que, mesmo assim, é imperceptível ao paladar. Resumindo: se você achar que tem gosto diferente, é psicológico.

3 – Dilema da temperatura

Você adora beber uma cerveja trincando? Talvez você esteja perdendo sabor em favor da refrescância.
Especialistas da bebida afirmam que a cerveja perde sabor e aroma se é bebida em baixíssima temperatura.

A maioria dos brasileiros, consumidora das pilsens comuns, prefere beber cerveja bem gelada. Então lá vai o aviso: as pilsens, cervejas que normalmente devem ser consumidas mais geladas (ao contrário de algumas especiais), começam a perder sabor quando estão abaixo de 4° C.

4 – Gelando mais rápido

Você já deve conhecer alguma artimanha para gelar a cerveja mais rápido: colocar no freezer; se for lata, molhá-la antes de por no freezer; usar gelo com sal; gelo com álcool.

Os químicos explicam: a melhor forma de gelar uma cerveja é combinar temperatura baixa e superfície de contato. E aqui começa a pegadinha: o freezer é a forma de atingir a temperatura mais baixa possível para a cerveja, mas não é a forma mais rápida, porque o ar não é um bom condutor de temperatura.

A forma mais rápida é colocar a cerveja em um recipiente com bastante gelo e água, para que o líquido envolva toda a embalagem da bebida e esfrie a cerveja rapidamente. Só que, com esse método, é impossível deixar a bebida mais gelada que 0° C.

E é verdade: o sal, assim como o álcool – mas junto com água e gelo – deixam a temperatura ainda mais baixa.

5 – Gelar a garrafa deitada, ou em pé?

O oxigênio é prejudicial a muitos alimentos, inclusive à cerveja. Ele causa o envelhecimento do líquido. E como a garrafa tem um pouco de oxigênio (o ar no início da garrafa), gelá-la em pé diminui o contato com o ar, que fica só na ponta, não por toda a garrafa. Ainda assim, talvez não faça tanta diferença, porque as cervejas hoje vêm com muito pouco oxigênio – ainda bem!

6 – Cerveja velha x cerveja nova

Cerveja não é vinho nem whisky. Quando mais jovem ela for consumida, melhor. Por isso, nada de ficar guardando. Mas, se precisar armazená-las por um tempo, o certo é guardar as garrafas e latas na geladeira, ou em um ambiente fresco e protegido do sol.

7 – Escolhendo as mais refrescantes

As cervejas mais refrescantes são as do tipo larger, em especial as pilsens. Se você quiser uma cerveja especial gelada, existem opções como a bières blanches da Bélgica e outras cervejas de trigo da Alemanha. As lambic com frutas também são boa opção em dias quentes.

8 – Cerveja com o quê?

Quer beber cerveja, mas não aguenta bebê-la pura? Existem algumas opções de drinks. Um mexicano famoso é a michelada. Misture limão, um pouco de sal, cubos de gelo, cerveja pilsen e pimenta chilli em pó na borda do copo: pronto! Nos EUA, também existem variações de margaritas feitas com cerveja. E aqui no Brasil, muitos lugares vendem caipirinha de cerveja, uma bebida refrescante com sabor diluído e “temperado” pelo limão.

9 – Não espere “chocar”

Você já deve saber o que é uma cerveja “choca”, mas você sabe o que acontece na bebida para ela ficar assim?

São três motivos. Pode ser perda de gás carbônico. Um defeito na tampa pode levar a essa perda, ou (e aqui vemos o motivo mais comum!) se a cerveja esquentar, esfriar, esquentar, esfriar, isso também pode fazer a tampa se contrair e expandir.

Cerveja velha, mal transportada ou mal armazenada também perde sabor. Por último, coagulação da proteína da cerveja (também por causa do “esquenta-esfria”) a deixa choca. Não é o seu sabor que é alterado nesse caso, mas seu aspecto, que fica levemente leitoso, por causa de um efeito chamado turbidez.

10 – Experimentando

Quer organizar uma degustação de cerveja? O ideal é seguir uma linha: pode ser cervejas diferentes de um mesmo fabricante, ou cervejas do mesmo estilo, etc. Escolhida a linha, parta das mais leves até as mais encorpadas e alcoólicas.

Para apreciar cada sabor, é melhor que os participantes não tenham consumido outras bebidas alcoólicas no mesmo dia. E, para perceber bem as características de cada cerveja, é fundamental que elas sejam servidas na temperatura adequada.

2 comentários

  1. Comment

  2. Boas dicas estas acima. mas como sou um bebedor que não gosto muito de bebidas fortes, costuma tomar a mais fraca e ainda sempre coloquei pedras de gelo, para baixar a dosagem de álcool , mante-la mais tempo gelada e principalmente me hidratar e olhe que tomo muitas no verão

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *