Dando asas à informação

10 equívocos comuns sobre comidas populares

Existem milhares de pratos populares no mundo, então não é surpreendente que muitas pessoas tenham impressões erradas de onde certa culinária vem, ou onde é popular. Muitos pratos que pensamos vir de um país, ou não têm origem lá, ou são servidos de uma maneira completamente diferente. Confira:

10. Equívoco: Batata frita vem da França

10

Quem conhece as palavras para batata frita em inglês (“French Fries”, ou “fritas francesas”) já se pegou imaginando que essa comida teve origem na França. Incrivelmente populares em todo o mundo, as batatas não são francesas – elas foram inventadas pelos belgas. O folclore em torno de sua invenção soa bastante fantástico, no entanto. Segundo a lenda, alguns belgas muitas vezes fritavam peixes muito pequenos, e quando não tinham peixe, faziam batatas em forma de pequenos peixes no lugar.

9. Equívoco: Chimichangas são uma comida mexicana

9

Muitas pessoas acreditam que chimichanga é um prato mexicano, mas ele se encaixa mais na categoria de “texano”. No entanto, este burrito frito também não se originou por lá; a probabilidade maior é de que tenha sido inventado no estado americano do Arizona, que vem considerando torná-la a comida oficial do estado.

8. Equívoco: Rolinho de primavera é um alimento chinês

8

Enquanto o rolinho de primavera teve origem na China, o alimento que nós comemos na maior parte do ocidente não é muito similar ao servido na outra parte do mundo. O rolinho de primavera ocidental foi criado por imigrantes chineses na América, que usaram o que tinham à mão para fazer algo que se parecesse como o deles, mas que agradasse aos americanos. A comida real é muito mais delicada e leve, enquanto os rolinhos ocidentais são mais uma massa de pão frita recheada com alface e camarões minúsculos.

7. Equívoco: Nachos são uma comida mexicana

7

Enquanto os nachos foram originalmente inventados por um mexicano, eles foram criados para satisfazer o apetite de visitantes dos EUA, com ingredientes que estavam ao alcance. O homem que inventou os nachos era conhecido pelo nome de “Ignacio”, que é de onde “nacho” vem. Mais tarde, outro homem chamado Frank Liberto começou a vendê-los em estádios, e o alimento tornou-se popular. Muitos nachos vendidos em estádios ocidentais hoje são feitos com uma mistura de queijo inventada por Liberto que fica boa por mais tempo e não precisa ficar quente para derreter.

6. Equívoco: Sushi é comumente consumido no Japão

6

A maioria dos ocidentais pensa em sushi sempre que se fala em comida japonesa. No entanto, a verdade é que o sushi não é tão popular no Japão como é entre aqueles que estão tentando emular a cultura japonesa. Uma pesquisa mostrou que menos de um quarto dos japoneses come sushi duas vezes por mês ou mais. O sushi é simplesmente uma refeição geralmente reservada para um evento importante. Além disso, os japoneses raramente comem alguns tipos mais ocidentais de sushi com que estamos acostumados. O que eles costumam comer é chamado nigiri e consiste de um longo pedaço de peixe com uma grande bola de arroz envolta com algas.

5. Equívoco: Espaguete e almôndegas são da Itália

5

Quando perguntadas sobre os alimentos que vêm da Itália, muitas pessoas pensam em espaguete com almôndegas. Enquanto esse prato foi inventado por italianos, estes eram imigrantes na América do Norte. Na Itália, apesar de se consumir muito macarrão, espaguete com almôndegas não é algo que se encontra nos menus. Nas raras ocasiões em que a massa e as almôndegas estão envolvidas no mesmo prato, não são servidas juntas.

4. Equívoco: Croissant teve origem na França

4

Muitas pessoas acham que os croissants foram inventados na França. Porém, acredita-se que, na verdade, o prato surgiu a partir de algo chamado Kipferl. Embora existam muitas histórias conflitantes sobre como o croissant surgiu, a mais aceita é de que foi criado por um homem austríaco. A lenda diz que ele era um oficial de artilharia da Áustria que decidiu abrir uma loja na vizinha França. Após sua introdução do Kipferl, o croissant eventualmente seguiu o embalo.

3. Equívoco: Crab Rangoon é um prato de origem chinesa

3

Crab Rangoon, para os que não conhecem, é uma espécie de “pastel frito” recheado com cream cheese e carne de caranguejo. Esse prato tem uma considerável popularidade no mundo ocidental, mas sua suposta origem está errada: ele não é realmente chinês. Em vez disso, se encaixa na duvidosa categoria de “sino-americano”. A principal razão para este prato não fazer qualquer sentido como chinês é que queijo em geral, especialmente cream cheese, raramente é consumido na China. Além disso, seu interior não é sempre feito de carne de caranguejo – algumas receitas, inclusive, pedem especificamente pela imitação.

2. Equívoco: Pizza é italiana

2

Claro que existe a pizza italiana – no entanto, a versão de pizza na Itália é bem diferente da versão de pizza nas Américas. As lendas de que inventou a pizza, onde e como são muito turvas. No entanto, é importante salientar as diferenças entre os dois estilos. Na América, a pizza é geralmente regada com molho de tomate, temperos, e coberta com muito queijo e diversos outros ingredientes. Na Itália, a pizza é uma criação muito mais requintada que pode decepcionar os loucos por uma boa calabresa. A maioria das pizzas vem apenas com tomates frescos e frequentemente incluem ervas e vegetais, talvez mussarela e azeite. Embora ambos os pratos tenham o mesmo nome, também têm um gosto muito diferente.

1. Equívoco: Carne com repolho é o prato nacional da Irlanda

1

Enquanto algumas pessoas têm a ideia de que o prato “Corned Beef and Cabbage” (carne bovina tratada em salmoura e fervida em vinagre em fogo lento, com repolho) é um prato irlandês, a comida não é nem popular por lá. Aliás, a Irlanda não tem um prato nacional oficial – e se tivesse, alguns acreditam que o mais popular seria um prato com bacon provavelmente servido com batatas e talvez vegetais. [Listverse]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *