Dando asas à informação

10 incríveis cidades subterrâneas

Todo mundo já ouviu contos de pessoas que vivem em cavernas, minas ou túneis de metrô abandonados. Ou talvez você já conhece o livrou ou filme “A Máquina do Tempo” e se lembra dos Morlocks, que viviam debaixo da terra. O que muitas pessoas não percebem é que cidades subterrâneas não só existiram como, em muitos casos, têm prosperado. Confira:

1 – Pequim

Durante a guerra de fronteira sino-soviética, de 1969 até a próxima década, Mao Tsé-tung ordenou a construção de um abrigo subterrâneo de emergência para o governo socialista, localizado embaixo de Pequim, com 30 quilômetros, com o objetivo principal de defesa militar.

Dentro desta cidade, armazéns, restaurantes, escolas, teatros, barbearias e até uma pista de skate existiam. Ela também contava com mais de 1.000 abrigos antiaéreos, e foi construída para acolher até 40% da população de Pequim no caso de um ataque.

Surpreendentemente, há rumores de que cada casa tinha uma porta secreta para permitir que os cidadãos rapidamente se retirassem para o grande complexo subterrâneo. Em 2000, a cidade gigante foi aberta oficialmente como uma espécie de atração turística, e alguns dos abrigos são utilizados como albergues (hostels) para a juventude.

2 – Setenil de las Bodegas

Ao contrário da maioria das cidades nesta lista, Setenil de las Bodegas continua a prosperar e é o lar de mais de 3.000 pessoas. As casas são construídas diretamente nas paredes de pedra, não totalmente subterrâneas nas montanhas desta cidade espanhola. Grande parte da cidade é construída a céu aberto, e continua a ser um lugar fascinante para visitar e ver as estruturas incríveis. A cidade serviu como uma fortificação moura, e foi usada de forma semelhante pelo Império Romano.

3 – Moose Jaw

Moose Jaw está localizada em Saskatchewan, no Canadá, o que significa que o inverno lá dura um tempo muito longo. Era tão frio no início do século XX que isso levou a construção de uma série de túneis sob a cidade para permitir que viajantes e trabalhadores se esquentassem. Considerando o período de tempo em que isso aconteceu, não é surpresa que esta rede subterrânea logo passou a ser usada para fins ilícitos.

Os túneis de Moose Jaw foram utilizados por mafiosos e contrabandistas, porque era a Era da Proibição. Onde existe álcool ilegal, existem jogos de azar e apostas, e a prostituição logo segue. Em breve, a cidade subterrânea se transformou em uma mini Las Vegas. Diz-se que Al Capone estava fortemente envolvido em toda essa atividade ilegal, o que deu origem aos túneis sendo apelidados de “The Chicago Connection” (Conexão Chicago).

4 – Cidade dos Deuses, em Gizé

A Grande Pirâmide de Gizé é a única maravilha do mundo antigo ainda de pé. Além de ser uma beleza arquitetônica, alguns acreditam que debaixo do planalto de Gizé existe algo quase tão extraordinário: uma enorme série de túneis e câmaras subterrâneos.

A partir de 1978, os pesquisadores começaram a mapear um enorme complexo subterrâneo, o qual se referiam como uma potencial “metrópole”. Conhecida como a “Cidade dos Deuses”, ainda está envolta em mistério. Considerando que esta grande cidade subterrânea fica diretamente debaixo de uma das mais importantes estruturas históricas do mundo, não é provável que os seus mistérios serão facilmente revelados no futuro previsível. Além disso, muitos oponentes da teoria da Cidade dos Deuses afirmam que ela não existe e é uma ideia pseudocientífica inventada para apoiar a noção de deuses alienígenas.

5 – Portland

Debaixo de uma das maiores cidades da região noroeste do Pacífico nos Estados Unidos, se encontram os túneis Xangai. Eles estão localizados abaixo do bairro Chinatown e foram utilizados para o transporte de mercadorias e, diz a lenda, de pessoas. Graças a esta infraestrutura subterrânea gigante, Portland (Oregon) ganhou notoriedade como o pior lugar da Costa Oeste da América para ser sequestrado para trabalho forçado a bordo de navios.

Os túneis de Xangai, também conhecidos como a Cidade Proibida, provavelmente foram usados para outras atividades ilegais, como prostituição. Hoje, você pode visitar os túneis com um risco significativamente menor de ser raptado do que no passado.

6 – Wieliczka Salt Mine

Wieliczka Salt Mine, localizada no sul da Polônia, foi construída no século XIII. A mina produziu sal até 2007, tornando-se uma das mais longas minas de sal em funcionamento da história. Além de produzir toneladas de nosso aditivo alimentar favorito, a mina é também o lar de um enorme complexo subterrâneo que inclui estátuas, capelas e até mesmo uma catedral.

A mina em si é imensa (300 km de comprimento). Durante a Segunda Guerra Mundial, foi usada pelos alemães para a construção de munições. Ela contém um lago subterrâneo e recebe mais de um milhão de turistas por ano.

7 – Coober Pedy

Como Setenil de las Bodegas, a cidade de Coober Pedy ainda existe e é o lar de mais de 1.600 moradores na Austrália. Ela é conhecida como a capital opala do mundo, porque produz mais opala do que qualquer outro lugar na Terra. A cidade é composta de casas chamadas de “abrigos”, que foram construídas no subsolo para combater o calor insuportável na superfície e para manter os bebês a salvo de dingos (uma espécie de lobo) e australianos.

Desde que a opala foi descoberta em Coober Pedy, em 1915, a área tem sido continuamente ocupada e minada pelas pedras preciosas. Junto com as casas abrigo e os poços de minas, a cidade possui lojas subterrâneas e bares, bem como uma igreja, e até mesmo um cemitério.

8 – Kish

Sob Kish, no Irã, fica uma cidade misteriosa que é tão misteriosa que não tem um nome oficial. Ela é chamada de várias coisas, incluindo Kariz, mas é mais comumente referida pelos turistas como a “cidade subterrânea de Kish”. A cidade tem mais de 2.500 anos de idade e foi inicialmente utilizada como um sistema de gestão da água. É claro que, como tantas outras coisas antigas, foi renovada e há planos para transformá-la em um destino turístico moderno. A nova versão do Kariz incluirá restaurantes e lojas em todos os 10.000 metros quadrados do complexo.

9 – Capadócia

A área da Capadócia, na Turquia, tornou-se famosa por suas cidades subterrâneas, mais notadamente a cidade subterrânea de Derinkuyu. Ela consistia de sete níveis subterrâneos, e reza a lenda que já alojou residentes na casa dos milhares. Não era uma cidade pequena e não era uma série de casas em cavernas. Ao longo de Derinkuyu existiam lojas e igrejas, áreas nas quais os moradores produziam vinhos, e até mesmo escolas. As cidades subterrâneas podem ter sido esconderijos para os cristãos que evitavam a perseguição do Império Romano (já que ninguém gosta de ser alimentado aos leões).

10 – Burlington

Assim como Cheyenne Mountain, a instalação subterrânea “não tão secreta” do governo dos Estados Unidos, uma estrutura semelhante, chamada de Burlington, foi construída na década de 1950 para abrigar o governo britânico no caso de uma guerra nuclear.

Burlington foi construída em uma pedreira antiga, cobria um quilômetro quadrado, e podia acomodar até 4.000 funcionários do governo. O que não podia acomodar, no entanto, eram suas famílias. Burlington tinha 95 km de estradas, uma estação de trem, hospitais, um lago subterrâneo, uma instalação de tratamento de água e um pub. Também tinha um estúdio da BBC, do qual o primeiro-ministro seria capaz de se comunicar com a população a partir dos limites seguros e acolhedores abaixo da superfície. Burlington foi mantida em funcionamento até 1991, quando a Guerra Fria chegou ao fim.[Listverse]

Um comentário

  1. Fascinante o mundo da arquitetura, muito bom ter estas informações e conhecimentos de lugares pitorescos e que de maneira que se chama atenção para a cultura e de coisas extraordinárias , muitos não sabem da existencia destas maravilhas.

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *