Dando asas à informação

10 misteriosos tesouros perdidos do mundo

Quando criança, todos provavelmente já sonharam em ser Indiana Jones. Não seria ótimo rumar a aventuras e encontrar tesouros perdidos? Infelizmente, não é assim que funciona a arqueologia. E, além disso, não há provavelmente muitos tesouros escondidos ainda no mundo, especialmente porque grande parte dele já foi explorada e povoada. Mas se há tesouros escondidos por aí, onde poderão estar e o que poderão ser? Confira:

10. O tesouro do Álamo

10

O Álamo é o nome de uma antiga expedição missionária e de um forte, atualmente um museu, em San Antonio, Texas, Estados Unidos. A missão viu uma das batalhas mais famosas da história americana, quando 188 homens, incluindo Jim Bowie e Davey Crockett, tentaram lutar contra o poderoso exército mexicano de Santa Ana. O que a maioria das pessoas provavelmente não sabe é a lenda de um tesouro enorme de ouro e prata que se diz estar enterrado em algum lugar sobre tal território.

Muitas pessoas, como o pesquisador histórico e caçador Frank Buschbacher, acreditam que, em um esforço de travar uma revolução contra o México e declarar a independência do Texas, homens como Bowie e Crockett trouxeram milhões de dólares em tesouro para o Álamo. O dinheiro foi destinado a levantar um exército e pagar pela guerra de independência. O tesouro foi chamado de San Saba e perdido quando todos os 188 homens morreram na batalha. Aqueles que acham que o tesouro existe pensam que os homens o enterraram debaixo do composto que é hoje o museu. Buschbacher já escavou áreas em torno do Álamo, mas não encontrou sequer um traço de ouro ou prata.

9. Tesouro de Dutch Schultz

9

Dutch Schultz é um dos mafiosos mais famosos da história americana. Ele era um gangster na era de proibição, que supostamente acumulou uma fortuna a partir de seus atos perversos. Essa fortuna desapareceu sem deixar vestígios depois que ele começou a ser caçado pela polícia. Acredita-se que ele decidiu esconder o seu tesouro em algum lugar da Serra Catskill. Quando Schultz foi morto a tiros em 1935, o local de sua vasta fortuna morreu com ele.

Existem opiniões diferentes sobre o que aconteceu com o seu tesouro, ou até mesmo quanto dinheiro ele tinha. A maioria das estimativas coloca sua fortuna entre cinco a dez milhões de dólares (cerca de R$ 10 a 20 mi), que ele escondeu em uma caixa de ferro em algum lugar na área de floresta densa da Fenícia, em Nova York (EUA). Alguns acreditam que o tesouro foi escondido perto de Esopus Creek, um monte, o que poderia explicar por que nunca foi encontrado. Ao longo das décadas desde que Schultz escondeu sua fortuna, a área tem tido inundações numerosas, que com toda a probabilidade lavaram o tesouro.

8. Tesouro de Victorio Peak

8

Victorio Peak faz parte das Montanhas Rochosas do Sul, localizadas no Novo México (EUA). Ao longo dos anos, tem sido amplamente utilizado pelo governo dos Estados Unidos, uma vez que se situa dentro do White Sands Missile Range, onde o governo americano já testou armas nucleares. Antes de ser tomada pelos EUA, no entanto, a área era aberta ao público.

Em 1937, Doc e Babe Noss descobriram um poço antigo ao lado de Victorio Peak. Eles voltaram mais tarde e exploraram o lugar, encontrando esqueletos, ouro, joias e artefatos históricos. Em 1938, eles estabeleceram propriedade legal da descoberta, e histórias começaram a surgir de que Doc tinha encontrado ou a Casa del Cueva de Oro ou o tesouro de Don Juan de Onate, o homem que fundou o Novo México como uma colônia espanhola. Em 1939, em uma tentativa de expandir a passagem do poço, Doc foi aconselhado a usar dinamite, o que não deu certo, colapsando o eixo completamente. Noss nunca foi capaz de recuperar a entrada para a mina, e foi morto em 1949. Até hoje, a família Noss tenta recuperar a entrada para o eixo, mas nenhum ouro jamais foi encontrado. Há rumores de que o governo americano ampliou o alcance dos mísseis para incluir Victorio Peak e levou o ouro para Fort Knox, mas não há documentação que apoie esta reivindicação.

7. Tesouro de Montezuma

7

A cidade de Kanab, em Utah (EUA), é supostamente a casa do tesouro de Montezuma. Montezuma, um lendário líder asteca, tinha uma fortuna incrível, que foi tomada depois que ele foi morto durante uma batalha com os espanhóis liderados por Cortez. Milhões de dólares em joias e ouro foram retirados da posse de Montezuma por seu próprio povo, a fim de manter o tesouro longe de Cortez.

E por que tamanha fortuna acabaria em Utah? Em 1914, um garimpeiro encontrou uma gravura feita do lado de um penhasco que combinava com uma marcação em um mapa de tesouro antigo que supostamente conduzia a fortuna de Montezuma. O garimpeiro, um homem chamado Freddy Crystal, encontrou um descendente de Montezuma para interpretar o mapa, e determinou que a topografia de fato era igual a de Kanab. Então, convenceu o povo da cidade a ajudá-lo secretamente a procurar o ouro, com a promessa de compartilhar quaisquer descobertas, e, finalmente, eles conseguiram encontrar um sistema de cavernas e túneis que atravessavam a montanha. O lugar estava cheio de armadilhas, mas nenhum ouro jamais foi encontrado, levando à crença comum de que se o tesouro sequer esteve lá, foi movido pelos astecas ou descoberto por algum sortudo.

6. Tesouro do roubo Lufthansa

6

Qualquer um que tenha visto o filme “Os Bons Companheiros” está familiarizado com o assalto a Lufthansa, que se acredita ter sido o maior roubo da história dos Estados Unidos. Em 11 de dezembro de 1978, no Aeroporto Internacional JFK (Nova York), cinco milhões de dólares em dinheiro e 875.000 dólares em joias foram levados, aproximadamente. Para colocar isso em perspectiva, com ajuste da inflação, o tesouro valeria em média mais de vinte milhões de dólares hoje (cerca de 40 milhões de reais). O assalto foi realizado por mafiosos, incluindo Henry Hill, que mais tarde foi interpretado por Ray Liotta, e até hoje essa fortuna nunca foi recuperada.

Uma das razões para tanto é o fim violento que muitos dos homens que participaram do assalto tiveram. Estas mortes foram encomendadas por Jimmy Burke, que orquestrou o crime e percebeu que o roubo geraria uma enorme investigação federal. Como parte de seu plano para não ser encontrado, ele mandou matar quase todos os membros de sua equipe. Parte do dinheiro do assalto foi provavelmente gasta em tráfico de drogas, mas a grande maioria nunca foi encontrada.

5. Sala Âmbar

5

A Sala Âmbar (Ambar Room) é um dos mais procurados tesouros perdidos da história. A sala, que é um pequeno espaço criado inteiramente de painéis de âmbar com folhas de ouro e espelhos, foi construída no século 18 para Frederico I, o primeiro rei da Prússia. Acabou por ser presenteada a Pedro, o Grande, e permaneceu na posse da Rússia até a Segunda Guerra Mundial. As pessoas que viram a Sala Âmbar muitas vezes se referiram a ela como a Oitava Maravilha do Mundo.

Mais tarde, a sala simplesmente desapareceu. Os curadores responsáveis de protegê-la durante a guerra tentaram escondê-la sob papel de parede, devido ao seu estado frágil, mas isso não impediu que os nazistas saqueassem o tesouro quase impagável. Ela foi então levada para o Castelo de Königsberg, na Alemanha, mas em 1944 as forças aliadas destruíram a cidade e deixaram o castelo em ruínas – a Sala Âmbar foi perdida para sempre. Até hoje, ninguém tem certeza do que aconteceu com o tesouro, embora destruição completa pareça a explicação mais provável. Por fim, a sala também carrega consigo uma suposta maldição, já que várias pessoas que ou a possuíram ou a caçaram tiveram mortes prematuras e curiosas.

4. Tesouro do Flor do Mar

4

Em 1502, um navio português chamado Flor do Mar foi construído. Comandado pelo irmão de Vasco de Gama, o navio fez parte de uma viagem para a Índia portuguesa em 1505. O navio também participou de várias batalhas navais ao longo dos próximos seis anos, até que, em 1511, foi perdido em uma tempestade.

A ideia de um navio de guerra com uma história tão peculiar já o faria um tesouro perdido intrigante, mas há mais nesta fábula – notavelmente, o fato de que Flor do Mar estava carregando uma fortuna de uma vitória recente, o que fez do navio o mais procurado depois de um naufrágio na história. A fortuna é provavelmente o tesouro do reino Melaka, localizado na moderna Malásia, que teria incluído mais de 60 toneladas de ouro.

3. Ouro de Leon Trabuco

3

No início da década de 1930, um milionário mexicano chamado Leon Trabuco fez vários voos misteriosos ao deserto do Novo México (EUA). Na época, os Estados Unidos estavam no meio da Grande Depressão, e com o valor do dólar caindo, o preço do ouro estava prestes a explodir. Sendo assim, Trabuco e alguns parceiros teriam secretamente comprado tanto ouro quanto puderam e contrabandeado essa fortuna para os EUA, à espera da alta dos preços a fim de lucrar absurdamente.

Acredita-se que eles acumularam mais de 16 toneladas de ouro e esconderam toda a fortuna no deserto do Novo México. Em vez de aproveitar para vender o ouro, no entanto, Trabuco e seus parceiros continuaram esperando os preços subirem mais. Acabaram sendo incrivelmente prejudicados pela Lei do Ouro (Gold Act), que fez da propriedade privada de ouro ilegal. Como tantos outros tesouros, este supostamente carrega consigo uma maldição. Três dos parceiros de Trabuco foram mortos dentro de cinco anos, e quando o próprio Trabuco morreu, o conhecimento da localização do esconderijo de ouro morreu com ele.

2. Tesouro do Barba Negra

2

Em 1996, os arqueólogos descobriram um naufrágio na Carolina do Norte (EUA), a poucos quilômetros da costa e meros 7,6 metros abaixo do nível do mar. Não é particularmente raro encontrar um navio naufragado, mas esta foi, possivelmente, uma das maiores descobertas náuticas da história. Isso porque muitas pessoas acreditam que o navio era o “Vingança da Rainha Ana”, navio-almirante do infame pirata Barba Negra. Em 1718, o navio bloqueou o porto de Charleston e encalhou em um banco de areia.

Barba Negra era um rico pirata de grande sucesso. O local em que seu principal navio foi achado, acreditam alguns, deve ser o local onde sua vasta fortuna está escondida. Os destroços ainda não foram confirmados como pertencentes ao Vingança da Rainha Ana, e até agora nenhum tesouro foi encontrado perto ou no navio. Antes de morrer, Barba Negra foi questionado sobre a localização do seu ouro, e respondeu: “Só eu e o diabo sabemos”.

1. Tesouro dos Cavaleiros Templários

1

Nos últimos anos, os Cavaleiros Templários e seu tesouro ficaram famosos em Hollywood e em numerosos livros. Grupo formado no ano de 1114, essa organização acumulou ao longo dos anos uma fortuna enorme, que nunca foi encontrada.

No início do século 14, a prisão dos Templários foi decretada. Os que escaparam da captura e tortura supostamente reuniram o tesouro restante e o levaram para destinos desconhecidos. A crença comum é que os Templários levaram o tesouro para a Escócia e, de lá, para a Nova Escócia.

Rumores também persistem de um poço de dinheiro em Oak Island, no Canadá, cheio de armadilhas. Buscas na região levaram a acreditar que, originalmente, o tesouro no Poço do Dinheiro pertencia ao famoso Capitão Kidd. Mas, como mais de um tesouro de Kidd foi encontrado, acredita-se agora que o poço contém as riquezas dos Templários.[Listverse]

Um comentário

  1. esse tessouro esta quardado onde

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *