Dando asas à informação

10 usos bizarros para materiais valiosos

Ouro, prata, diamante… Metais e pedras preciosos são geralmente vistos como uma ostentação de riqueza e beleza, e nada mais. No entanto, muitos destes materiais possuem outras utilizações. Confira 10 usos surpreendentes de materiais valiosos:

1 – Prata: tira cheiro ruim

Você sabia que as meias que está usando agora podem conter prata? Além de seus muitos usos na odontologia, óptica e fotografia, a prata também tem algumas propriedades antibacterianas. Pode inibir o crescimento de bactérias e fungos em tecidos. Devido a isso, a indústria do vestuário utiliza prata, na forma de nanoprata, para impedir que as roupas adquiram um odor ruim. Até mesmo seus sapatos podem conter prata. As superpotências antibacterianas da prata também a torna um metal muito popular no mundo da medicina, na forma de desinfetante e antisséptico.

2 – Safira: invisível no espectro infravermelho

Safira, a segunda pedra preciosa mais dura que ocorre naturalmente, tem uma reputação de ser apenas uma joia bonita. Mas a sua cor vívida esconde um talento em um campo muito especializado: o espectro infravermelho da luz. Ela é usada para construir alguns dos lasers infravermelhos mais eficientes do mundo. Só para estabelecer o seu domínio completo sobre o infravermelho, safiras também podem absorvê-lo. Uma safira tratada adequadamente é completamente invisível à luz infravermelha. Assim, o revestimento de um veículo (ou até mesmo da roupa de uma pessoa) com um composto especial de safira poderia torná-lo completamente invisível para óculos e câmeras infravermelhos.

3 – Paládio: melhora células de combustível

O paládio é um primo da platina. É usado em joias, tanto por si só quanto como um ingrediente em ouro branco. Mas paládio pode fazer mais do que apenas parecer bonito. O metal é capaz de captar o hidrogênio extremamente bem, o que o torna um elemento fundamental na pesquisa de células de combustível. Na verdade, o paládio é visto como a chave para criar melhores e mais baratas células de combustível. Isto por sua vez permite a construção de máquinas mais amigas do meio ambiente, um feito impressionante durante um tempo em que nossos recursos de combustível estão ficando escassos.

4 – Irídio: resiste ao calor e corrosão

Irídio é um dos materiais mais raros e mais caros do mundo, com apenas três toneladas produzidas por ano. Mesmo um simples anel feito a partir deste metal prateado-branco pode custar tão caro que sites de joalheiros nem sequer citam o preço. No entanto, fora do mundo das joias, o irídio é usado para fins ridiculamente mundanos. É um dos poucos materiais extremamente resistentes e praticamente invulneráveis à corrosão e ao calor. Na realidade, são precisas temperaturas acima de 2.000°C para fundi-lo. Isso torna o metal útil em muitos dispositivos pequenos (por causa de sua raridade) que precisam lidar com muita pressão. Em suas várias ligas com outros metais, o irídio supercaro é usado para fazer objetos tão básicos quanto velas, cadinhos, bússolas e relógios de pulso.

5 – Diamante: melhor amigo da indústria e da ciência

Nem todos os diamantes são como os brilhantes que vemos nas lojas de joias. A grande maioria é pouco atraente – fragmentos negros que são impróprios para anéis de noivado. Tais diamantes ainda são valiosos, no entanto. O setor industrial o mói e usa a poeira como material de revestimento de lâminas de serra, brocas ou mós, criando ferramentas que podem cortar através de qualquer coisa. Os diamantes podem ser usados para fazer dissipadores de calor, janelas duráveis e alto-falantes de alta qualidade também. Por fim, diamantes também servem muito bem aos cientistas: são usados para construir coisas interessantes como lasers e máquinas especiais para simular as gravidades maciças de planetas estranhos, por exemplo.

6 – Ródio: componente de catalisadores

O ródio é um dos metais valiosos menos conhecidos. O material é rotineiramente cortado com platina para torná-lo menos caro. É usado em joias, geralmente como uma camada fina de proteção lançada sobre objetos feitos de ligas leves como prata ou ouro branco. Mas seu principal uso é como parte integrante da extremidade traseira de nossos carros.

A grande maioria do ródio é utilizada para fazer catalisadores, uma vez que é um dos muito poucos materiais que podem controlar este processo. O material caro dentro desses dispositivos de redução de emissões geralmente é desconhecido pela maioria das pessoas, mas os ladrões já estão ficando mais espertos e criativos, e o roubo de catalisadores está tornando-se uma ocorrência comum em certos lugares do mundo.

7 – Berílio: campeão nos setores espacial, militar e científico

Berílio é um metal branco-cinzento que não só é raro na Terra, mas perto de inexistente em todo o universo. Bem, exceto para os Estados Unidos, que possui um depósito de berílio. Muitas pedras preciosas, como esmeraldas, olho de gato e águas-marinhas são feitas de berílio, mas isso é apenas o começo. Também é um material de construção importante para mísseis, aviões de grande altitude, naves espaciais e satélites. Mesmo o famoso Grande Colisor de Hádrons, o maior e mais famoso acelerador de partículas do mundo, é dependente deste metal raro. O berílio também é usado em negócios militares. É fortemente visto em muitos veículos e sistemas militares, incluindo dispositivos nucleares, e por isso considerado essencial para sistemas de defesa eficazes.

8 – Pérola: componente da medicina asiática

As pérolas são usadas quase que exclusivamente para a fabricação de joias em países ocidentais. Mas, na Ásia, pérolas esmagadas (também conhecidas como pó de pérola) são um ingrediente valioso em produtos médicos e dermatológicos, especialmente cremes para a acne e para aumentar a beleza. O pó de pérola é usado em um grande número de outros produtos, também: para a preservação do dente (no lugar de pasta de dente), em comprimidos de cálcio e para remédios para o estômago, por exemplo. Diz-se que é até mesmo capaz de reduzir feridas e úlceras. Quem diria?

9 – Platina: possui propriedades anticâncer

A platina é um dos poucos metais preciosos na Terra que têm uma aura de luxo que supera até mesmo o ouro. Seu brilho reservado cinza torna o material ideal para as pessoas que não gostam da cor amarelada do ouro, mas não estão dispostas a considerar algo tão “simples” quanto a prata. No entanto, pense duas vezes antes de comprar joias de platina. O metal tem uma finalidade muito mais nobre: a cura do câncer. Um composto de platina chamado de cisplatina é um dos medicamentos mais eficazes do mundo contra o câncer. Alguns tipos de câncer (nomeadamente o câncer testicular) odeiam tanto a cisplatina que o composto cura a doença com uma eficácia muito maior que a taxa de cura normal.

10 – Ouro: o metal precioso onipresente

O ouro é o rei dos materiais preciosos. Não é o mais valioso, nem o mais raro, mas é certamente o mais reverenciado. Também tem vários talentos não tão conhecidos que deixa seus colegas no chinelo – é um dos materiais mais versáteis do planeta.

Além de seus usos óbvios em joias, moedas e odontologia, o ouro é utilizado em… Bem, quase tudo. Por exemplo, o corpo físico da internet (fiação e computadores) possui grandes quantidades de ouro. É também um ingrediente importante na fotografia, impressão, naves espaciais, culinária, motores a jato, nanotecnologia, tintas e medicamentos. E esses são apenas os usos que conhecemos. A ciência mal começou a descobrir o que o ouro pode fazer e por quê. Por exemplo, só recentemente pesquisadores notaram que injeções de ouro puro podiam aliviar a artrite – e eles ainda nem sabem como. [Listverse]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *