Dando asas à informação

11 casas de vidro surpreendentes

Só de olhar para esses projetos arquitetônicos, uma paz interior surge. Belas vistas, modernidade e conforto resumem essas casas incríveis, que todos desejariam poder morar, sem dúvida.

1 – Casa de neve, Carlo Santambrogio

Esta casa é um projeto conceitual do designer e arquiteto Carlo Santambrogio. As imagens acima são concepções artísticas, e não uma casa real – por enquanto. O projeto é parte de uma série de casas de vidro, esta em particular projetada para ser uma “casa de neve”. A estrutura é feita para ser modular e pode ser concebida em quase qualquer configuração.

2 – Leonardo Glass Cube

Leonardo Glass Cube é um pavilhão com fachada de vidro em Bad Driburg, Alemanha, desenhado por 3Deluxe. Projetado para a Corporação Glaskoch e concluído em maio de 2007, o pavilhão é usado para reuniões informais e hospitalidade corporativa. Possui painéis de vidro de seis metros de altura, equipados com molas para reduzir o estresse da pressão do vento.

3 – dRMM Arquitetura

A dRMM Arquitetura criou uma casa incrível com design único. À primeira vista, você pode pensar que é um celeiro comum de madeira. Sua forma não parece ser nada de especial. Mais tarde, quando você percebe que toda a parte de madeira exterior é capaz de deslizar para trás e para frente que você entende a beleza exclusiva do projeto.

4 – Watervilla Kortenhoef

A imobiliária Lakeside criou o Watervilla Kortenhoef, localizado na Holanda, que oferece aos moradores uma vista panorâmica impressionante, já que quase todas as paredes da casa são de vidro. O teto e chão de vidro projetos das paredes, junto com o fato de que o piso está a poucos centímetros da superfície da água, dá aos habitantes uma visão boa de qualquer lugar da casa. O design moderno dispõe de escadas para um terraço na cobertura, onde a vista é, sem dúvida, ainda mais impressionante. Talvez a melhor característica da estrutura é que o nível do porão repousa abaixo da superfície da água. Este nível submarino detém banheiros e quartos. Afinal, em uma casa de vidro, esconder os quartos debaixo d’água é a única maneira de obter qualquer privacidade. Os quartos submarinos têm painéis de vidro para oferecer mais vistas deslumbrantes.

5 – House R 128

Casa de vidro com características sustentáveis? House R 128, de Werner Sobek Arquitetos, traz o melhor de dois mundos para a mesa. A estrutura de quatro apartamentos em Stuttgart, na Alemanha, é um moderno edifício de vidro cujas janelas da frente, de vidros triplos, inundam luz natural através de um filtro em todos os quartos. A casa tem painéis solares que alimentam os cômodos quando o sol se põe. Suas propriedades sustentáveis são impressionantes, como a energia geotérmica para refrigeração. Construção modular moderna, com piso e fachada de madeira, permite fácil montagem e desconstrução. É completamente reutilizável e reciclável. Uma ponte sobre a cozinha e sala de jantar dá mais um toque moderno ao projeto. O estilo minimalista, sem paredes interiores e com obras modernas, cria áreas abertas incríveis.

6 – Stahl House

O Case Study House Program, um experimento americano arquitetônico, foi anunciado em 1945 pelo editor John Entenza em sua revista Arts and Architecture. O ímpeto do programa era construir casas que servissem de modelo para ambientes pós-guerra, usando materiais industriais pré-fabricados desenvolvidos durante a Segunda Guerra Mundial. As casas foram principalmente construídas no sul da Califórnia durante uma era otimista, desafiadora e criativa da arquitetura americana. A casa acima é Stahl House, a número 22 do projeto. Fica no endereço “1635 Woods Drive, Los Angeles, Califórnia, EUA”, e tem sido destaque em vários filmes e produções de TV, como Por Que o Amor Enlouquece (1998), Corina, Uma Babá Perfeita (1994) e Amor a Toda Prova (2011).

7 – Bassam El-Okeily

Uma casa incrível, com duas varandas, projetadas por Bassam El-Okeily, do Egito. Além ter uma aparência legal durante o dia, à noite luzes suaves transformam a casa em uma instalação de arte.

8 – Dune House

A Dune House fica ao sul da pitoresca aldeia de Thorpeness, em Suffolk, Inglaterra, em um local idílico bem na borda do mar, situada entre dunas. Você pode sair da sala de estar diretamente para a praia e desfrutar de extraordinárias vistas panorâmicas a partir dos terraços, quartos e banheiros no piso superior. A Living Architecture convidou uma das empresas mais renomadas da Noruega, Jarmund / Vigsnæs Arquitetos, para criar a casa. JVA, como são conhecidos, fizeram o seu nome construindo uma série de casas em Oslo e seus arredores, e entenderam intimamente a necessidade de equilibrar as vantagens da modernidade com as virtudes tradicionais do conforto.

9 – Church Point Home

Esta casa de colina transparente fica, na maior parte do tempo, escondida entre pedras e folhagens em total privacidade. Localizada perto do oceano em Pittwater, ao norte de Sydney, Austrália, Church Point Home foi projetada pela empresa arquitetônica Utz Sanby. Eles descrevem o projeto como uma casa na árvore que oferece “isolamento e santuário” para seus moradores. Pilares de concreto feitos para parecer árvores apoiam a casa, que passa calma e tranquilidade com seus tons cinza e branco e pequenas rajadas de vermelho. Pisos de madeira e uma mesa de madeira harmonizam com a sua localização florestal.

10 – Kiyonobu Nakagame & Associates

Essa bonita casa fica em Minami-Boso, Chiba, Japão. Foi desenhada por Kiyonobu Nakagame & Associates.

11 – Estufa do jardim do Palácio Changgyeonggung

Um dos lugares mais agradáveis para passear em Seul é o Palácio Changgyeonggung, um dos cinco principais palácios da Coréia. A estufa do Jardim Botânico Changgyeonggung foi construída em 1907. O edifício foi projetado por Hayato Fukuba, que estava no comando do Jardim Imperial Shinjuku, em Tóquio, e construído por uma empresa francesa. A estufa ainda contém flora rara, incluindo plantas tropicais, e era um símbolo da Era Vitoriana, da Revolução Industrial e do poderio tecnológico, econômico e cultural do Império Britânico. O pai da estufa foi Joseph Paxton, jardineiro do século 19 e arquiteto cuja obra-prima foi o Palácio de Cristal da Grande Exposição de 1851.[Oddee]

3 comentários

  1. uau

  2. Faltou as casas do Jardim Botânico e Ópera de arame em Curitiba-pr- Brasil
    Deem uma olhada que maravilha

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *