Dando asas à informação

8 distúrbios do sono bizarros

Você pode nunca ter passado por isso ou sequer ouvido falar sobre essas condições, mas tem gente que dorme dias sem parar, come e até faz sexo enquanto dorme, enquanto outras sofrem de doenças do sono muito piores que geram até alucinações. Confira:

1 – Síndrome da Bela Adormecida: a menina que dorme durante dez dias sem parar

Quando Louisa Ball, 15 anos, tira um cochilo, ela não brinca em serviço. A garota dorme por dias a fio, e nenhuma chacoalhada ou estímulo pode acordá-la totalmente. A britânica tem uma condição rara chamada de “doença da bela adormecida”, mas não há nenhum príncipe encantado a caminho para resgatá-la.

Os médicos não sabem o que causa a doença ou como curá-la – só que ela atinge adolescentes e desaparece depois de 8 a 12 anos. Primeiramente, Louisa foi diagnosticada com Síndrome de Kleine-Levin, cujo número de vítimas no mundo não passa de 1.000. As vítimas vivem normalmente por semanas ou meses, com padrões normais de sono e níveis de energia e, sem aviso prévio, dormem por dias ou semanas direto. Até agora, o mais longo ataque de Louisa foi de 13 dias. Os doentes acordam brevemente, mas ficam desorientados e não totalmente alertas. Os pais de Louisa a forçam a acordar para que ela possa usar o banheiro e comer.

2 – Sexsomnia: a mulher que tem desejo de sexo a noite enquanto dorme

Haley Batty, 23 anos, sofre de uma doença do sono (se é que se pode chamar de doença) que deixa seus namorados acordados a noite toda. Ela tem uma condição médica que a faz querer fazer sexo enquanto dorme.

A sexomnia é um distúrbio do sono que leva uma pessoa a fazer sexo enquanto ela está dormindo. Haley descobriu que tinha a doença quando seus namorados começaram a perguntar se ela “tinha gostado” da noite, enquanto ela não se lembrava de nada. Haley chegava a fazer sexo 3 ou 4 vezes sem ter lembranças.
Na maioria das vezes, as pessoas que tem o distúrbio não conseguem se lembrar de nada que aconteceu, e porque não estão cientes de que é uma condição médica, não procuram ajuda profissional. De acordo com um estudo, sexsomnia afeta 11% dos homens e 4% das mulheres.

3 – Síndrome de vigília-sono não 24 horas: pessoas com jet-lag constante

Quando se trata de distúrbios do sono, nenhum deles é tão estranho e difícil de tratar como o distúrbio do sono-vigília de não-24 horas. As pessoas afetadas por esta doença têm relógios internos que se recusam a reconhecer o ciclo de 24 horas de um dia normal e, portanto, não necessariamente associam a noite com sono e o dia com estar acordado.

Por exemplo, uma pessoa cuja relógio biológico natural interno é de 28 horas de duração procuraria o sono em intervalos de quatro horas mais tarde a cada dia, gradativamente, que as pessoas típicas. Enquanto essa doença afeta ambos os cegos e pessoas com visão, é muito prevalente em pessoas cegas que tem falta a sensibilidade à luz, o que sugere que os relógios do nosso corpo são uma função da rotação da Terra.

4 – Narcolepsia: pessoas que adormecem de repente, durante atividades regulares

Talvez um dos mais conhecidos e estranhos distúrbios do sono seja a narcolepsia, que é a tendência de uma pessoa dormir inesperadamente enquanto está fazendo atividades normais, cotidianas.

A narcolepsia é um distúrbio do sono neurológico comumente associado a adormecer em horários aleatórios.
Narcolépticos tendem a cair diretamente no sono REM, onde ocorre a maior parte dos sonhos, e às vezes em estágios mais profundos e mais tranquilos de sono não REM. Como resultado, eles são incapazes de ficar acordado por longos períodos de tempo, e, após cair no sono, são incapazes de sentir o sono em suas etapas mais restaurativas, causando um ciclo vicioso de sonolência extrema e incapacidade de ficar acordado depois de ter dormido.

Outro sintoma pode incluir cataplexia, o colapso repentino de um indivíduo em sono REM ao experimentar emoções fortes. Paralisia do sono e alucinações hipnagógicas (alucinações que acompanham a paralisia do sono) também são sintomas conhecidos. A causa de narcolepsia ainda não foi determinada. Os médicos acreditam que é uma doença autoimune, mas também pode ser genética. Tratamentos incluem estimulantes, antidepressivos ou medicações hipnóticas, tais como Xyrem.

5 – Cataplexia: a mulher que cai no sono toda vez que ri

Claire Scott tem uma doença rara: quando ela tem um ataque de riso, cai e desmaia. Esta mãe de dois filhos sofre de cataplexia – um distúrbio do sono que faz as pessoas caírem no sono quando riem.

“Minha filha me contou uma piada que nem sequer fazia sentido, mas comecei a rir. A próxima coisa que eu vi foi meu marido me pegando do chão da cozinha”, conta ela. Claire foi diagnosticada recentemente. “Às vezes, fico ciente antes de acontecer. Outras vezes, apago completamente e fico paralisada. Uma vez, eu desmoronei enquanto caminhava no meio da rua. É constrangedor”.

Essa doença afeta 5 a cada 10.000 pessoas. Os doentes podem experimentar um episódio súbito e temporário de perda do tônus muscular, muitas vezes desencadeado por emoções.

6 – Distúrbio Alimentar Relacionado ao Sono: a mulher que ganhou 27 quilos comendo enquanto dormia

O comer sonâmbulo é uma combinação de um distúrbio do sono com um transtorno alimentar. De acordo com médicos e psiquiatras, o Distúrbio Alimentar Relacionado ao Sono está intimamente relacionado com a Síndrome do Comer Noturno (SCN), exceto pelo fato de que aqueles que sofrem de SCN são completamente despertos e conscientes de sua alimentação e comem compulsivamente à noite, enquanto aqueles que sofrem do distúrbio não sabem o que estão fazendo.

Alguns comem a comida com as mãos, enquanto outros tentam comer com utensílios. Isso ocasionalmente resulta em danos à pessoa, bem como outras lesões. Anna Ryan nem sabia que ela estava sofrendo desse distúrbio por um ano e meio, e ganhou mais de 27 quilos durante esse tempo. Ela notou algo estava errado quando percebeu que se sentia exausta durante o dia, mesmo depois de ter dormido bastante. Anna decidiu ir falar com seu médico sobre sua falta de energia, e ele sugeriu que ela participasse de um estudo do sono. Foi quando descobriu seu problema. Que dieta aguentaria conviver com essa doença?

7 – Síndrome da Morte Súbita Noturna: homens saudáveis que vão para a cama e nunca mais acordam

Muita gente prefere morrer tranquilamente em seu sono, mas a Síndrome da Morte Súbita Noturna não é exatamente o que queremos. Com esse distúrbio do sono, homens jovens, saudáveis e felizes vão para a cama e nunca mais acordam. A situação é parecida com a morte súbita infantil, que é vista em bebês por todo o mundo, a única diferença é que as vítimas desta outra variedade são homens, mais velhos e mais frequentemente encontrados em países do Sudeste Asiático.

Acredita-se que os corações das vítimas simplesmente param de bater. Na falta de uma explicação mais detalhada, alguns fazem a sua própria: em Laos, alguns acreditam que um espírito maligno é o culpado pela morte. Este espírito, assumindo a forma de uma mulher rejeitada, se atira contra o sexo oposto. Essa crença inspirou alguns homens a se vestir de mulher para dormir, para passar despercebido. Em outros lugares, alguns acreditam que o consumo de carboidratos em excesso é o culpado.

8 – Paralisia do sono: pessoas que ficam imóveis mesmo depois de acordadas

Durante o sono REM, os sonhos vêm e os músculos voluntários do corpo tornam-se imóveis. Essa paralisia temporária nos impede de agir em nossos sonhos. Às vezes, porém, a paralisia persiste mesmo depois que a pessoa acorda. Você sabe que está acordado e que pretende se mover, mas não consegue.

Pior ainda, a paralisia do sono muitas vezes coincide com alucinações. Em um estudo de 1999, 75% dos estudantes universitários que tinham experimentado paralisia do sono relataram alucinações simultâneas. E as alucinações, quando ocorrem com a paralisia do sono, não são nenhum piquenique: as pessoas comumente relatam sentir uma presença maligna, juntamente com um sentimento de ser esmagado ou sufocado. Essas experiências geraram muito folclore cultural (ideias de espíritos, bruxas e outros seres virem perturbar uma pessoa). Ainda hoje, alguns pesquisadores suspeitam que os contos de abdução alienígena e outras histórias envolvendo criaturas místicas podem ser explicados por episódios de paralisia do sono.[Oddee]

5 comentários

  1. 8. Paralisia do sono: pessoas que ficam imóveis mesmo depois de acordadas

    Tenho esse disturbio.

    Aprendi a conviver com isso.

    Não é agradavel mais é toleravel.

  2. Eu tb tenho um quando começa horario politico eu durmo na hora graças a Deus,…

  3. eu tenho esse disturbio da paralisia do sono, até ver esta matéria eu não sabia o que era agora, estou ciente que não sou apenas eu que tenho esse problema, eu tbm imaginava que fosse algo maligno ou sobrenatural (rsrsrs) agora vou dormir mais tranquilo. vlw

  4. Essa paralisia do sono , putz, muuuito ruin.
    A última vez que tive tinha 13 anos, pelo menos não é contínuo (: já faz uns 2 anos que não tenho..
    Lembro que tentei gritar mecher e não conseguia, além de ouvir vozes de todos os lados e tudo me sufocando e me prendendo pra baixo.. e quando consegui mecher fiquei super assustada, até sentei de uma veiz na hora, só sei que não consegui mais dormir nessa noite, passei a noite toda acordada com medo de algum espiríto no meu quarto :P
    Vish véi isso é horrível..

  5. essa paralisia do sono, eu tive três vezes.. e consegui induzir ela na terceira vez, eu tive ela e não conseguia me mexer aí quando consegui eu fiquei assustado como sempre… mas depois tentei induzi-la na mesma hora e consegui controla-la é muito gostoso… tive experiencia de projeção astral na indução… mas foi apenas alucinação… heheheheh

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *