Dando asas à informação

9 animais com cores estranhas

O mundo animal reserva muitas surpresas para os observadores desavisados. De patos e sapos com cores naturais malucas, a algumas “aberrações genéticas” e interferência humana, os bichinhos conseguem adquirir colorações esquisitas e ficarem ainda mais diferentes. Confira:

1 – Jacaré laranja

Sylvia Mythen, uma avó de 70 anos de idade da Flórida, EUA, descobriu o que parece ser o primeiro jacaré laranja do mundo. Ela estava voltando do trabalho quando passou pelo animal, e percebeu o quão diferente ele era. Ela enviou fotos do bicho para um canal de notícias local, e também contatou um biólogo, que acredita que o jacaré é na verdade apenas metade albino. Ele diz que nunca viu ou ouviu falar de um, mas Gary Morse pensa que a cor laranja pode ser de algum elemento do meio ambiente.

2 – Urso roxo

Sim, isso é um urso polar roxo, acredite ou não! Este urso polar (geralmente branco) criou muito burburinho no zoológico da cidade de Mendoza, na Argentina, quando inesperadamente ficou roxo. Parece que o urso polar, chamado Pelusa, teve uma doença de pele que os funcionários do zoológico estavam tentando tratar, e como resultado do tratamento especial, o urso polar ficou roxo. A cor roxa durou pouco tempo, mas a notícia se espalhou pelo mundo inteiro.

3 – Lagarto Homem-Aranha

Não é Photoshop! Esse animalzinho é a mais nova mania de animal de estimação exótico. O lagarto-agama tem uma coloração azul e vermelho viva, semelhante a do Homem-Aranha. Agamas, que são nativos do Quênia, podem ser bons animais de estimação, pois se tornam mansos e dóceis se manuseados regularmente. Eles podem crescer até 30 centímetros e sua dieta equilibrada inclui gafanhotos, grilos, minhocas e vermes. Eles são incapazes de lançar teias, mas podem escalar paredes e mudar de cor – os machos ficam marrons à noite ou se assustados.

4 – Porcos tatuados

Wim Delvoye tatua porcos desde os anos 1990. No início do século 21, um projeto de porcos tatuados foi criado na “Fazenda Arte” na China, onde há menos restrições quanto ao bem-estar animal do que em muitas outras partes do mundo ocidental. Em 2005, um colega de Delvoye, o artista Danny Devos, passou vários meses na fazenda, reorganizando, gerindo e reconstruindo os desenhos. As tatuagens variam de bandeiras tradicionais e leões a padrões do logotipo da Louis Vuitton. As peles não são utilizadas como objetos de arte formais até os porcos morrerem, momento em que suas peles são removidas e exibidas em locais diferentes de arte.

5 – Caracol flamingo

Esse animal (Cyphoma gibbosumn) é um pequeno caracol do mar colorido que vive em várias espécies de corais moles do Caribe. A cor bonita que você vê nesta imagem não é a concha do um caracol. Pelo contrário, é uma camada de tecido vivo, ligada ao seu pé – o caramujo a empurra para cobrir sua concha. Esse tecido também funciona como uma brânquia de um peixe. Quando o caracol é atacado, o manto (e suas cores) é retirado. Esse é um animal marinho que literalmente fica pálido de medo!

6 – Gafanhoto-cor-de-rosa

Muitos insetos estão se extinguindo, um fato que só acrescenta à mística do gafanhoto-cor-de-rosa extremamente raro. O que é talvez mais estranho sobre esta espécie são os lugares onde eles estão aparecendo, regiões não tropicais como o Meio-Oeste americano. Especula-se que a sua cor incomum seja causada por uma condição genética, que denota uma pigmentação vermelha invulgar.

7 – Pato mandarim

O pato mandarim é um pato super colorido de porte médio, estreitamente relacionado com o pato de madeira da América do Norte. O macho adulto é uma ave marcante e inconfundível. Ele tem bico vermelho, faixa branca acima do olho e face avermelhada com “bigodes”. Seu peito é roxo com duas barras verticais brancas, e os flancos rosados, com duas velas laranjas.

8 – Cão panda

O cão panda foi inventado por Kensuke Hirakawa, que adotou um filhote resultado do cruzamento de Poodle e Maltês que estava abandonado, chamado Colombo, considerado “feio”. O cão infeliz teve todos os seus dentes caninos removidos. Tendo sido esteticista e ex-proprietário de loja de bichos de estimação, Hirakawa decidiu embelezar seu amigo recém-encontrado. Ele usou uma tintura especial para cachorro, segura, para deixar Colombo parecido com um panda, urso fofinho ameaçado de extinção. O resultado virou manchete, com uma resposta maciça e diversificada da comunidade. Muitos não gostaram do uso de produtos químicos para alterar a aparência do bichinho, mesmo que seguros, e outros o acharam adorável. De qualquer forma, Colombo ficou famoso.

9 – Sapo palhaço

A rã do gênero Atelopus é conhecida por muitos nomes, como sapo palhaço ou sapo arlequim da Costa Rica. É um animal neotropical antes bem distribuído por toda a Costa Rica e o Panamá. A espécie hoje está listada como em perigo crítico de extinção, e vive principalmente no Panamá.[Oddee]

3 comentários

  1. Muito interessante, mas a do urso roxo é suspeita a partir do momento em que as barras da grade que estão na frente do urso também são roxas.

    • É argentino.É milongueiro. Dá prá acreditar???

  2. Coitado do porco…

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *