Dando asas à informação

9 trilhas de trem incríveis

Muitas estradas férreas simbolizam avanços de engenharia ou enfeitam belas paisagens. Confira alguns dos melhores exemplos ferroviários do mundo todo:

1. Maeklong (Tailândia)

1
O mercado de alimentos em Maeklong, Tailândia, está localizado no topo de trilhos de trem. Várias vezes ao dia lojistas arrumam rapidamente as suas barracas de comida e as puxam para trás para deixar os trens passarem. Uma vez que se foram, as caixas de legumes, peixes e ovos são colocadas de volta na posição e compradores voltam para os trilhos, que servem como caminho através do mercado.

2. Napier-Gisborne (Nova Zelândia)

2
A linha férrea Napier-Gisborne é única porque atravessa a pista principal do Aeroporto de Gisborne. Os trens têm de parar e solicitar a autorização da torre de controle de tráfego aéreo para atravessar a pista. Um comboio a vapor de 1939 no meio de uma pista de aeroporto não é exatamente uma visão comum!

3. Tren a las Nubes (Argentina)

3
O Tren a las Nubes (trem às nuvens) é um serviço de comboio turístico na província de Salta, na Argentina. O serviço liga o noroeste argentino com a fronteira com o Chile na Cordilheira dos Andes. Mais de 4.220 metros acima do nível do mar, é a terceira maior ferrovia do mundo. Originalmente construída por razões econômicas e sociais, agora é principalmente uma atração turística. A linha ferroviária tem 29 pontes, 21 túneis, 13 viadutos, duas espirais e dois ziguezagues que permitem que o comboio viaje para trás e para a frente paralelo à encosta da montanha.

4. Túnel do amor (Ucrânia)

4
The Tunnel of Love é um belo local em Klevan, Ucrânia. A seção ferroviária de três quilômetros leva a uma fábrica de papelão. O trem funciona três vezes por dia e proporciona madeira para a fábrica. No entanto, árvores formaram um corredor verde em volta da trilha, que atrai muitos casais, bem como fotógrafos, por sua atraente avenida.

5. Trans-Siberian (Rússia)

5
A Trans-Siberian é uma rede de ferrovias ligando Moscou com o Extremo Oriente russo e o Mar do Japão. É a linha ferroviária mais longa do mundo. Há trechos que conectam à Mongólia, China e Coréia do Norte. Também conecta Moscou a Vladivostok desde 1916 e ainda está em expansão. Projeto iniciado em 1891, semelhante à primeira estrada de ferro transcontinental dos EUA, os engenheiros russos começaram sua construção em ambas as extremidades e foram trabalhando em direção ao centro.

6. The Landwasser Viaduct (Suíça)

6
A Suíça tem grandes áreas montanhosas. Antes do século 19, esse terreno acidentado significava que era difícil viajar pelo país. Engenheiros ferroviários dos séculos 19 e 20 tiveram que ser extremamente inovadores, criativos e corajosos para construir um sistema ferroviário complexo na região. Isto não só incluiu o planejamento e a construção de rotas difíceis, mas também de pontes e túneis para atravessar as áreas montanhosas. O governo suíço ainda está investindo pesadamente em sua rede ferroviária, tornando-a uma das mais eficientes e avançadas do mundo. Um dos feitos mais impressionantes foi a construção do viaduto Landwasser, em 1902, um dos mais famosos do país.

7. Georgetown Loop (EUA)

7
O caminho férreo foi uma das primeiras atrações turísticas do Colorado (EUA). Concluído em 1884, este trecho espetacular foi considerado uma maravilha da engenharia de seu tempo. Foi feito para conectar duas cidades mineiras prósperas em um íngreme desfiladeiro. Para isso, os construtores projetaram uma rota em forma de “saca-rolhas”, que viajava o dobro da distância. A construção também incluiu quatro pontes. O Colorado & Southern Railway operou a linha para passageiros e mercadorias de 1899 a 1938, quando ela foi abandonada.

8. The Death Railway (Tailândia)

8
A estrada de ferro Burma, também conhecida como “Ferrovia da Morte”, é um trecho de 415 km entre Bangkok, Tailândia e Rangum, Birmânia. Mais de 90 mil trabalhadores e 16 mil prisioneiros de guerra morreram durante sua construção. Um passeio em uma seção sobrevivente da rota é agora uma atividade popular para visitantes de Kanchanaburi, cidade tailandesa. Ele passa sobre um número de pontes de madeira frágeis.

9. Gyeonghwa Station (Coréia do Sul)

9
Há 340 mil cerejeiras em Jinhae, Coréia do Sul. Quando elas florescem na primavera, criam uma exibição deslumbrante. A estação Gyeonghwa, onde esta foto foi tirada, é uma atração turística popular por esse motivo. [Oddee]

Um comentário

  1. Faltaram as do Brasil, em especial a linha Curitiba – Paranaguá.

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *