Dando asas à informação

A icônica “Floresta Flutuante” de Sydney, Austrália

floating-forest-550x365

Navios, como todas as outras coisas materiais desse mundo, têm data de expiração. Uma vez aposentados, o destino de muito deles são “cemitérios” para navios (assim como existem locais onde ficam restos de carros e aviões).

Há uma grande quantidade de naufrágios em Homebush Bay, baía perto da Vila Olímpica em Sydney, na Austrália. Apesar de muitos terem histórias interessantes, nenhum é parecido com o SS Ayrfield, também conhecido como “Floresta Flutuante”, por causa da vegetação de mangue exuberante que agora cobre seu casco enferrujado.

O SS Ayrfield (originalmente lançado como SS Corrimal), foi um navio mineiro construído na Inglaterra em 1911 e utilizado pelo governo da Commonwealth durante a Segunda Guerra Mundial para transportar suprimentos para as tropas americanas no Pacífico.

floating-forest5-550x412

Em 1950, foi vendido e operado como navio mineiro entre Newcastle e Sydney, até 1972, quando o registro do navio foi cancelado e ele foi enviado para o seu lugar de descanso final, Homebush Bay.

Antes dos Jogos Olímpicos de 2000, este lugar era uma zona de eliminação de navios, onde eles eram desmontados, e dezenas de naufrágios que ainda permanecem lá são um lembrete constante de sua história.

Um cemitério de navios pode parecer mórbido, mas, graças ao toque único que o SS Ayrfield dá ao lugar, com suas árvores de mangue adultas sobre um pedaço de metal enferrujado parcialmente submerso, ele acabou se transformando em atração turística e ponto de interessante para fotógrafos de todo o mundo.[OddityCentral]

floating-forest2-550x366

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *