Dando asas à informação

Artistas criam capa de livro que se recusa a abrir para quem a julga

book-that-judges-you-550x330

Enquanto o ditado nos diz para não julgar um livro pela capa, uma nova capa de livro high-tech é quem faz o julgamento.

Criada por um grupo de artistas de Amsterdã do estúdio criativo Moore, o livro tem a capacidade de digitalizar os rostos de quem está olhando para ele. Se detectar o menor sinal de julgamento, simplesmente se recusa a abrir.

Apropriadamente chamada de “The Cover that Judges You” (“A Capa que Te Julga”, em português), a cobertura tecnológica vem com uma câmera integrada a um software de reconhecimento facial que analisa os rostos das pessoas que se aproximam dela.

“Se você chega perto do livro, o sistema de reconhecimento facial começa a digitalizar seu rosto a procura de sinais de preconceito”, explica o artista Thijs Biersteker.

A capa, em si, possui um rosto com expressão neutra, com os quais os leitores potenciais precisam se alinhar. Ou seja, os olhos, nariz e boca de quem está olhando para o livro precisam estar de acordo com a expressão neutra. Assim, a fechadura se abre. Se não estiverem, o livro assume que há emoção envolvida – muita ou pouca expectativa, por exemplo. Neste caso, o livro permanecerá bloqueado.

book-that-judges-you2-550x264

Os artistas de Moore projetaram “The Cover that Judges You” como um protótipo para o evento anual do Art Directors Club da Holanda desse ano.

“Muitas vezes nos preocupamos com ceticismo e julgamento atrapalhando a surpresa”, disse Biersteker. “Eles nunca devem dificultar o entusiasmo incansável de ver as coisas pela primeira vez”, acrescentou. [OddityCentral]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *