Dando asas à informação

Comendo fora: almoçar com terremoto ou ir a um bar em que você leva sua própria refeição?

Existe todo tipo de restaurante no mundo: de comida chinesa, japonesa, italiana, restaurante chique, restaurante com temas dos anos 60, 70, 80… E restaurante com terremoto. Peraí: o quê?

É isso mesmo que você leu. Na Costa Brava, no município Lloret de Mar, na Espanha, tem um lugar chamado “Disaster Café” (“Desastre Café”, em português) que serve comida com um terremoto de magnitude 7.8.

Olhando de fora, você não dá nada para o lugar. Conforme você entra, percebe que ele é bem variado: o nível do solo é um restaurante de temática alienígena para crianças, decorado como uma nave espacial. Durante os finais de semana, rola um show com alienígenas e outras atividades infantis.

Para os adultos, as atividades são bem diferentes. A diversão acontece abaixo do solo. Um elevador leva os clientes para as “profundezas da Terra”, onde o andar é decorado como uma caverna. Os funcionários usam capacetes e outros equipamentos de segurança. A comida é servida em pratos muito mais pesados do que o normal.

A reputação da comida do café é ótima. Então, como o esperado, você começa a desfrutar de sua refeição. Em seguida, do nada, você é atingido por um terremoto de magnitude 7.8! Tudo treme, você fica desesperado, não há nada que você possa fazer.

Normalmente, um terremoto dessa intensidade seria muito perigoso e poderia até matar milhares de pessoas.
Não no Disaster Café. Lá, o ambiente é bastante seguro, apesar de pequenos acidentes já terem ocorrido (por exemplo, os pratos pesados não voam, mas comida e bebida podem voar e estragar sua melhor roupa). E aí? Você toparia ir em um lugar desses?

Não sei o preço desse Disaster Café, mas não deve ser lá muito barato, afinal, quanto custa simular um terremoto?

Então, se você está mais para “toda oferta e promoção que puder usar”, uma boa pedida é o bar Basis, que fica em Amsterdã, na Holanda. Nele, você simplesmente pode levar sua comida de casa, ou até mesmo pedir comida de lugares mais baratos para entregar lá. Parece sacanagem, não?

Na verdade, o bar tem um conceito bem esperto. A Europa está sofrendo uma crise, e a Holanda não ficou totalmente imune. Sendo assim, o Basis permite que as pessoas levem sua comida ao recinto, e cobra apenas o que elas bebem – e a gente não bebe muito mais do que come quando sai, mesmo? Geralmente, claro.

Michiel Zwart é um dos empresários do Basis (que significa “básico”), e disse que a ideia surgiu simplesmente da vontade que todos têm de ficar à vontade. Bem simples, não? Você pode até cozinhar sua lasanha ou seu fondue de queijo lá. Dá para se encontrar com os amigos, ter uma ótima noite, e gastar muito pouco. Perfeito, não?[OddityCentral 1 e 2]

Um comentário

  1. Era bom se tivesse um vídeo mostrando…

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *