Dando asas à informação

Emirates é eleita melhor companhia aérea do mundo; confira ranking com as 100 melhores

525313_337862536323502_1179732314_n-525x350

A consultoria Skytrax oferece todo ano o prêmio World Airline Awards, o “Oscar da aviação”, que elege as 100 melhores companhias aéreas do mundo. O ranking é famoso e bem reconhecido, principalmente porque é feito com a opinião de passageiros logo após os voos, tornando as informações e experiências relatadas mais confiáveis.

Esse ano, a companhia aérea Emirates foi eleita a melhor do mundo. A vitória da empresa de Dubai, que voa de São Paulo e do Rio de Janeiro, foi surpreendente, especialmente porque ano passado ela ficou em 8º lugar. Desta vez, conseguiu superar fortes concorrentes, como Qatar e Singapore, consideradas companhias 5 estrelas (a Emirates seria 4 estrelas).

Nas posições seguintes, a surpresa já não foi tão grande. Qatar caiu da primeira para a segunda colocação e Singapore manteve a terceira posição. O TOP 5 encerra com ANA All Nippon Airways e a Asiana, sendo que esta última já solicitou voos para o Brasil. Com isso, quatro das cinco melhores companhias aéreas do mundo passam a voar no país. Depois, aparecem Cathay, Etihad (que voa no Brasil há pouco tempo), Garuda, Turkish (famosa pelos bons preços e serviços no trecho São Paulo – Buenos Aires) e Qantas, seguida da Lufthansa, que subiu três posições e encostou na Turkish como melhor companhia europeia. Swiss, Korean Air e Air Canada completam o TOP 20.

O ranking foi feito com base em uma pesquisa com mais de 18 milhões de passageiros de mais de 160 países de todo o mundo. Abaixo, confira as 20 primeiras colocações, além das posições de todas as companhias que voam para o Brasil e conseguiram um lugar entre as 100 melhores do mundo.

melhor-companhia-aerea-mundo

No ranking da América do Sul, a LAN ficou em primeiro lugar, ultrapassando a TAM, que até o ano passado dominou o pódio. A Azul ficou com o prêmio de melhor companhia aérea de baixo custo (low cost) do continente.

As brasileiras, na classificação geral, não tiveram um bom ano: a TAM caiu da 32ª para a 39ª colocação, e a Azul abaixou ainda mais, da 54ª para a 67ª.

Após um ano fora da lista das 100 melhores, a europeia Iberia conseguiu aparecer na 92ª colocação. A Ethiopian estreou na lista, conquistando o 85º lugar. Entre as ausências, a da Gol já era esperada, mas a da Aeroméxico surpreendeu alguns.

Para ver o ranking completo, acesse o site da World Airline Awards.

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *