Dando asas à informação

Empresa francesa vende “sequestro falso” para pessoas viciadas em adrenalina

Pagar para ser sequestrado? Não só possível, mas também facilmente acessível. Um pacote de rapto básico na França custa cerca de US$ 1.300 (R$ 2.600). Não, não é o resgate, e sim o preço que “entusiastas” precisam pagar para serem sequestrados.

Se você está procurando uma experiência saída de um filme de Hollywood, o leste da França é o lugar que você precisa ir. Lá, fica uma pequena empresa chamada Ultime Réalité, que oferece tal serviço exclusivo.

O pacote básico consiste em ser apreendido por estranhos, amarrado, amordaçado e empacotado em um carro, depois mantido em um porão escuro por quatro horas. Pacotes mais caros incluem serviços sob medida, tais como perseguições a barco, fugas de helicóptero, e ser mantido por períodos mais longos de tempo.

A ideia se parece com o roteiro do filme Vidas em Jogo (The Game), no qual uma empresa oferece serviços para fazer você acreditar que sua reputação, finanças e segurança estão em risco, para no fim deixá-lo com um profundo apreço pela vida.

Poder-se-ia dizer o mesmo de Ultime Réalité, que apesar de soar brutal, deve fazer as pessoas apreciarem mais a vida após a experiência de ser sequestrado. De acordo com o site da empresa, “você vai passar por sensações reais de violência, terror e medo de um sequestro real. Um choque psicológico que você não vai esquecer tão depressa”.

Sequestro falso super-real

Você pode escolher exatamente o tipo de cenário que você deseja, mas não terá ideia de quando ou onde será atacado. O contrato estabelece que os funcionários da empresa te sigam por alguns dias, para finalmente sequestrá-lo em um momento oportuno, na rua ou em outro lugar.

Georges Cexus, 30 anos, é o proprietário da Ultime Réalité, e cuida da empresa há três anos. Ele recebe pelo menos dois pedidos por dia. A maioria dos seus clientes são executivos ricos viciados em adrenalina.

A experiência é vista como uma alternativa extrema para outros esportes emocionantes como bungee jumping e paraquedismo. Georges tem o cuidado de manter o máximo de tempo de encarceramento a 11 horas, após o qual ele diz que a novidade pode se desgastar.

Ninguém é fisicamente ferido durante o sequestro. “Isso não faz parte do plano”, diz. “Juntos nós pensamos sobre a questão de limitações físicas e psicológicas. O que eu ofereço é uma experiência totalmente controlada que permite que a pessoa vá mais longe na sua visão pessoal, em suas experiências. Tudo é possível”, explica.

Se o cliente sente que atingiu seu limite de resistência e quer desistir, pode terminar o jogo a qualquer momento, usando uma senha previamente estabelecida.

Há outras experiências disponíveis para compra em Ultime Réalité, além de ser sequestrado. Clientes podem optar por participar de uma caçada a um fugitivo (ou ser o fugitivo), ser rastreado por um caçador de recompensas, assistir a seu próprio funeral, passar uma noite em um necrotério, ou realizar falsas operações perigosas, como o contrabando de drogas.

Todo o pacote de experiências parece emocionante, algo que pessoas normais podem nunca chegar a experimentar de outra forma na vida cotidiana. Mas não é tão legal para transeuntes ou testemunhas, que não têm ideia de que um evento falso está acontecendo diante de seus olhos.

O serviço não é estritamente ilegal, mas um porta-voz da polícia francesa disse que a empresa teria que avisar as autoridades locais, no caso de chamadas de emergência. O código penal não proíbe o serviço, pois a vítima consente com a atividade, o que significa que não há crime. Mas seria muito desagradável se alguém relatasse um sequestro falso, e a polícia perdesse seu tempo se envolvendo nisso.[OddityCentral]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *