Dando asas à informação

Europa exige passaporte com três meses de validade antes do viajante deixar o continente

passaporte

O Conselho da União Europeia alterou recentemente alguns requisitos para liberar o acesso de estrangeiros ao Velho Continente. A principal alteração é que agora é exigida a validade de três meses no passaporte, a contar da data que o visitante deixará a União Europeia.

Até agora, a validade do passaporte deveria cobrir pelo menos o último dia da viagem na Europa. Com a nova regra, os documentos deverão ter uma validade de no mínimo mais 90 dias a partir da data que seus portadores deixarem o solo europeu.

A nova lei prevê, entretanto, que, em caso de emergência devidamente justificada, esta obrigação pode ser dispensada.
Outra exigência é que o passaporte deve ter sido emitido há menos de 10 anos.

A mudança vale para todos os países membros do Tratado de Schengen: Áustria, Bélgica, República Checa, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Eslovênia, Eslováquia, Espanha, Suécia e Suíça.

Estes países não exigem visto para a entrada de brasileiros, mas é necessário cumprir algumas obrigações, como portar um seguro de saúde e, se solicitado, comprovar sua hospedagem e a existência de recursos financeiros suficientes para se manter durante o tempo de permanência na Europa.

Esses critérios podem variar de acordo com o país visitado, portanto é importante consultar a embaixada ou consulado do país escolhido antes de viajar.

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *