Dando asas à informação

Falso funcionário da Cohab aplica golpes em Curitiba

golpe cohab

Pelo menos cinco pessoas interessadas em ter uma casa própria por meio da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) foram enganadas por um golpista que se passava por funcionário da companhia.

Segundo denúncias apresentadas pelas vítimas à Cohab, o golpista utilizava crachá falso da companhia e cobrava R$ 900 de pessoas interessadas em comprar apartamentos no Sítio Cercado e na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Por conta das denúncias, a administração da Cohab protocolou pedido de instauração de inquérito no 1.º Distrito Policial de Curitiba.

Segundo o diretor administrativo-financeiro da Cohab, João Elias de Oliveira, o pedido solicita investigação para os crimes de estelionato, falsificação de documentos e de selos da prefeitura.

“Desconfiamos, pois muitas pessoas começaram a nos procurar cobrando o apartamento que supostamente haviam reservado. Assim fomos informados de que havia uma pessoa dizendo que garantia, por R$ 900, a compra de um imóvel naquela região. Ele até levava o comprador ao local da obra para suposta escolha do apartamento”, explica.

Pelo contato com as vítimas, foi possível conseguir documentos falsificados como certidões, identidades e fichas de cadastro, todos com o selo da prefeitura de Curitiba. “Os símbolos eram os mesmos existentes no site da prefeitura”, observa. Oliveira alerta que outras pessoas podem estar sendo enganadas pelo golpista.

“Esses cinco cidadãos que nos procuraram tiveram a coragem de falar que foram enganados. Mas é importante ressaltarmos à população que a Cohab não cobra por qualquer documento desse tipo. O financiamento, feito através da Caixa Econômica Federal, é o único momento em que o comprador interessado em um apartamento deve pagar. Fora esse ponto não há razão para desembolso algum”, esclarece. Portanto, a Cohab pede aos que tenham sido enganados que colaborem com as investigações. Mais informações pelo telefone 0800-413233.

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *