Dando asas à informação

Igreja colonial de 400 anos emerge das águas no México

Uma igreja de 400 anos de idade, submersa em um reservatório no sul do estado mexicano de Chiapas, emergiu novamente há pouco tempo, devido a uma seca na região que reduziu os níveis de água por 25 metros.

Pescadores locais têm levado turistas e visitantes até a construção no meio do rio Grijalva. A igreja ficou debaixo de água por causa de uma barragem construída em 1966 para formar o reservatório de Nezahualcoyotl.
Desde então, o local sagrado já surgiu do fundo do rio duas vezes.

Com 16 metros de altura, conhecida como Templo de Santiago (ou de Quechula), a igreja foi construída em algum momento no século 16, mas foi abandonada devido as grandes pragas de 1773-1776.

Segundo o arquiteto mexicano Carlos Navarrete, a obra foi erguida ali devido à sua posição ao longo de uma rodovia importante, construída e utilizada pelos conquistadores espanhóis. “Foi uma igreja construída pensando que este poderia ser um grande centro populacional, mas nunca chegou a isso”, disse Navarrete à AP News.

A igreja é cercada pela cidade submersa de Quechula. [BoredPanda]

colonial-church-emerges-water-resevoir-temple-santiago-quechula-mexico-1

colonial-church-emerges-water-resevoir-temple-santiago-quechula-mexico-2

colonial-church-emerges-water-resevoir-temple-santiago-quechula-mexico-3

colonial-church-emerges-water-resevoir-temple-santiago-quechula-mexico-4

colonial-church-emerges-water-resevoir-temple-santiago-quechula-mexico-5

colonial-church-emerges-water-resevoir-temple-santiago-quechula-mexico-7

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *