Dando asas à informação

Keret House: a casa mais estreita do mundo fica na Polônia e tem apenas 1,2 metros de largura

Keret-House2-550x409

Encravada no estreito espaço entre dois edifícios em Varsóvia, na Polônia, a Keret House (em português, “Casa Keret”) é considerada a casa mais estreita do mundo.

Com apenas 91 centímetros de largura no seu ponto mais estreito e 1,20 metros no mais amplo, o local é somente grande o suficiente para uma pessoa se mover.

O espaço único é ideia do escritor israelense e cineasta Etgar Keret. A brecha entre os dois edifícios foi descoberta há quase seis anos, pelo arquiteto polonês Jakub Szczesny. Ele percebeu que cabia ali exatamente uma pequena casa, então decidiu construir uma.

Keret-House31

Criar um projeto para o pequeno espaço disponível foi difícil, mas os maiores desafios foram mesmo questões de propriedade, regulamentos de construção e financiamento. Felizmente, ele conseguiu levantar € 70.000 (cerca de 206 mil reais) para financiar seu projeto, e iniciou a construção em colaboração com a Fundação de Arte Polonesa.

Erguer a casa também teve seus desafios, a fim de aproveitar ao máximo o uso de espaço limitado. A estrutura foi construída manualmente fora do local e encaixada na brecha entre os prédios por uma equipe de construtores. Szczęsny foi forçado a desistir de janelas, e em vez disso fazer a luz solar entrar por dois furos na parede do quarto.

Keret-House41-550x434

A habitação foi concluída em outubro de 2012. A Casa Keret como está hoje é uma estrutura de ferro de dois andares, com um espaço total de apenas 46 metros quadrados.

Ela não oferece muito em termos de luxo, mas dispõe de todas as comodidades da vida moderna. O quarto é composto por uma cama de solteiro presa entre duas paredes, enquanto o banheiro não é nada mais do que um sanitário com um chuveiro diretamente acima dele. Embora haja uma pequena cozinha, quase não tem qualquer espaço para cortar, lavar ou cozinhar. Comer sobras está fora de questão, porque a pequena geladeira pode acomodar apenas duas bebidas de uma só vez.

Keret-House-550x296

O morador, Keret, não pode sequer convidar amigos para uma refeição – a mesa de jantar é embutida na parede e tem apenas dois lugares fixos.

“Antes de vir aqui, eu tinha muito medo de que seria claustrofóbico, que seria escuro, que eu me sentiria como uma sardinha em uma lata”, Etgar Keret admitiu. “Mas eu realmente me sinto muito confortável. Ela é projetada de tal forma que há uma grande quantidade de luz”.

A casa estreita, segundo o escritor, é inspiradora. Keret insiste em que as pessoas precisam se acostumar a viver em espaços menores. “A pesquisa mostra que estamos nos aproximando de um desastre social. Você não precisa de muito espaço para viver, por isso vale a pena considerar a construção de uma dimensão mais reduzida, de uma habitação mais barata”.

Por enquanto, ele parece bastante feliz de ser residente da casa mais fina do mundo – quando está na Polônia. Quando está fora de Varsóvia, a casa é utilizada como residência temporária por outros artistas que visitam a cidade.

Enquanto isso, Szczęsny tornou sua missão procurar e preencher lacunas de construção em outros cantos e cidades, como Berlim. De acordo com o arquiteto, a Casa Keret é só o começo. [OddityCentral]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *