Dando asas à informação

Médico oferece às mulheres “silicone” que dura 24 horas para ver se elas querem mesmo fazer a cirurgia

Antes e depois da injeção

Antes e depois da injeção

Um cirurgião plástico de Nova York, nos EUA, chamado Dr. Norman Rowe está oferecendo um procedimento revolucionário que dá às mulheres a oportunidade de experimentar temporariamente os efeitos da operação de aumento dos seios antes de decidir se elas querem mesmo colocar implantes permanentes.

O procedimento, nomeado “Instabreasts”, envolve a injeção de solução salina nos seios.

“Eu não acho que haja qualquer forma atualmente disponível que não seja o Instabreast de dar a uma paciente uma representação adequada de como um implante mamário se pareceria dentro do seu corpo”, explicou o Dr. Rowe.

A ideia é bastante simples – o médico insere uma agulha diretamente através da aréola e injeta soro fisiológico em cada mama. Os seios aumentam, mas esse aumento só dura cerca de 24 horas.

Uma paciente chamada Katie, de 32 anos, que recentemente obteve Instabreasts, disse: “No primeiro segundo, quando me vi no espelho, eu estava em estado de choque. Este é realmente o meu corpo?”.

Era, mas apenas por um curto espaço de tempo. Katie amou tanto o efeito temporário que decidiu ir em frente com a cirurgia.

“Acho que cerca de 75% das pacientes que põem Instabreasts fazem a cirurgia de aumento de mama”, afirma Dr. Rowe. “Mas acho que a recíproca é provavelmente mais importante. 25% dessas pacientes decidem que a cirurgia de aumento de mama não é para elas. Isso evita o arrependimento, o remorso”.

De fato, seria melhor se todas as mulheres que quisessem fazer a cirurgia pudessem dar um test drive antes, mas a brincadeira sai cara: os Instabreasts custam US$ 2.500 (cerca de R$ 7.000).

O Dr. Rowe realiza cerca de seis a oito procedimentos por semana. Críticos dizem que a técnica pode causar algumas equimoses, e como uma agulha é usada, há também o risco de infecção. Se uma mulher não consegue se decidir e coloca Instabreasts várias vezes, ela ainda corre o risco de esticar a pele e obter algumas marcas desagradáveis.

No entanto, Rowe insiste que não está interessado em oferecer esse serviço várias vezes para uma mesma paciente.

Por outro lado, o cirurgião plástico está trabalhando em uma versão mais duradoura dos Instabreasts, chamada de “Seios de Férias”, que pode durar até duas a três semanas. [OddityCentral]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *