Dando asas à informação

Mulheres trocariam anos de suas vidas para serem magras

Pesquisadores da University of the West of England (UWE) e a organização britânica The Succeed Foundation, focada em distúrbios alimentares, questionou cerca de 320 mulheres do Reino Unido, com 25 anos em média, sobre a imagem que elas têm de seu corpo. O resultado é impressionante: 16% das mulheres entrevistadas trocariam um ano de suas vidas por um corpo que elas consideram ideal. Outros 10% delas trocariam entre dois e cinco anos, 2% dariam 10 anos, e 1% desistiria de até 21 anos por um peso considerado ideal.

“Os resultados mostram que a imagem corporal é um sério problema para as mulheres, e não só para as adolescentes, como se pensa geralmente”, disse a pesquisadora do UWE, Phillippa Diedrichs. A maioria das entrevistadas estava insatisfeita com seu visual. Apesar de 78% das mulheres do estudo estar com um peso considerado normal, ou estarem abaixo do peso, 79% delas respondeu que queriam perder peso. Só 3% responderam que queriam ganhar peso.

Pensamentos negativos sobre a imagem corporal estão em quase toda a amostra: 93% das mulheres disseram que pensam mal de sua própria aparência. Cerca de um terço tem pensamentos assim mais de uma vez por dia. Quase metade das entrevistadas confessou que as pressões não são apenas externas, 46% já foram ridicularizadas ou sofreram bullying por causa de sua aparência.

Além disso, 39% disseram que passariam por cirurgias plásticas se dinheiro não fosse problema. Destas mulheres, três quartos passariam por múltiplas intervenções. Muitas delas ainda fariam outros sacrifícios, verificaram os pesquisadores, 13% disseram gastariam US$ 8 mil de seu salário para ter um “corpo perfeito”. Já 8% desistiriam de uma promoção no trabalho e 6% trocariam um diploma com honras por um corpo considerado ideal por elas. Não é só isso: 9% desistiriam de passar tempo com amigos e a família, e 7% disse que sacrificariam sua saúde para alcançar o peso que acham ideal.

Para entender melhor o que elas consideram ideal, quando perguntadas em qual celebridade se espelham, elas citaram a modelo e apresentadora inglesa Kelly Brook. [LiveScience]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *