Dando asas à informação

Novo algoritmo pode “pintar” quadros no estilo de qualquer artista, de Van Gogh a Picasso

Um grupo de pesquisadores da Universidade de Tübingen, na Alemanha, desenvolveu um algoritmo que pode transformar qualquer imagem em uma pintura no estilo dos grandes mestres.

Chamado de “algoritmo de aprendizagem profunda”, a mesma tecnologia já está em uso por empresas como o Google, para reconhecimento de imagem e outras aplicações.

“O sistema usa representações neurais para separar e recombinar conteúdo e estilo de imagens arbitrárias, proporcionando um algoritmo neural para a criação de imagens artísticas”, disseram os pesquisadores. “Aqui nós introduzimos um sistema artificial baseado em uma rede neural profunda que cria imagens artísticas de alta qualidade perceptual”.

Abaixo, você pode ver um exemplo de uma fotografia de apartamentos na beira de um rio em Tübingen, na Alemanha, que foi processada pelo algoritmo para ser estilisticamente semelhante a diversas pinturas, incluindo “A destruição de um navio de transporte” de William Turner, “A Noite Estrelada” de Van Gogh, e “O Grito” de Edvard Munch:

computer-deep-learning-algorithm-painting-masters-12

Também é possível usar como base um quadro famoso e transformar a foto de uma celebridade no mesmo estilo de pintura:

computer-deep-learning-algorithm-painting-masters-6

computer-deep-learning-algorithm-painting-masters-7

Impressionante, não? [BoredPanda]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *