Dando asas à informação

O homem mais rápido do mundo não é Bolt, mas sim um violinista

O corredor jamaico Usain Bolt, dono de inúmeros recordes mundiais (como 9,58 segundos nos 100 metros) e várias vezes considerado o homem mais rápido do mundo, não vai gostar disso, mas um painel de juízes e pesquisadores do programa Superhuman Showdown, do canal Discovery, escolheu o violinista Ben Lee como dono do título de homem mais rápido do mundo.

Ben Lee é capaz de um feito incrível: ele pode tocar Flight of the Bumblebee, orquestra de Nikolai Rimsky-Korsakov, no violino elétrico em apenas 58,03 segundos, o que faz dele o mais rápido humano vivo.
Lee, 32 anos, venceu por unanimidade a competição de humano mais rápido da Terra. O violinista e vários outros concorrentes foram testados em um ambiente controlado, no qual pesquisadores usaram pulsos eletromagnéticos para medir sua atividade cerebral durante suas tarefas.

O campeão de World BASE Race (corrida de velocidade com wingsuit) Frode Johannessen, que salta em queda livre, Jerry Miculek, um atirador de velocidade que pode disparar oito rodadas em quatro alvos em 1,06 segundo, Aicho Ono, “girador de cabeça” que pode executar 135 giros de cabeça em um minuto sem experimentar tonturas e o comedor de velocidade Pete Czerwinski, que pode comer uma pizza de 30 centímetros em 34 segundos, estavam entre os demais concorrentes especialmente selecionados para o programa.

O quatro vezes recordista mundial de velocidade em violino ficou feliz por ser escolhido. “Levou dezenas de milhares de horas de prática para chegar a esta velocidade, mas definitivamente ajudou que os meus pais fossem musicais e me incentivassem a tocar”, conta Ben Lee, que toca violino desde os cinco anos. Agora, ele atinge cerca de 15 notas por segundo e diz que só pode ficar mais rápido.

Segundo o professor Greg Whyte, do Instituto de Pesquisas para o Esporte, Exercício e Ciência na Universidade John Moores em Liverpool (Reino Unido), um dos juízes de Superhuman Showdown, através de treino dedicado e de longo prazo, Ben é capaz de concentrar maiores porções de seu cérebro para apenas uma tarefa.

Ele toca com a mão direita, o que significa que seu córtex esquerdo deveria ser mais utilizado do que o direito. No entanto, com o foco e o controle que ele usa com a mão esquerda, Ben desenvolveu uma proporção maior de seu córtex direito, dando-lhe uma poderosa destreza e capacidade de tocar 810 notas por minuto. Realmente, nada fácil – e muito rápido.[OddityCentral]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *