Dando asas à informação

O homem que voltou a Fukushima para alimentar os animais que todo mundo deixou pra trás

O sofrimento humano e danos materiais incalculáveis deixados no rastro do desastre de Fukushima, no Japão, têm sido bem documentados, mas há outra população que padeceu muito e tem sido esquecida: os animais abandonados na zona de exclusão radioativa.

Um homem, no entanto, não se esqueceu – Naoto Matsumura, 55 anos, um ex-trabalhador da construção civil que vive no local perigoso para cuidar de seus sobreviventes de quatro patas.

Ele é conhecido como o “guardião dos animais de Fukushima” por causa do trabalho que faz para alimentar os bichinhos deixados para trás por pessoas na sua corrida para evacuar a zona de 12,5 quilômetros de exclusão do governo.

Ele está ciente da radiação prejudicial a qual está sujeito em uma base diária, mas diz que “se recusa a se preocupar com isso”. “Eles me disseram que eu não vou ficar doente por 30 ou 40 anos. Eu provavelmente vou estar morto até lá de qualquer maneira, então eu não poderia me importar menos”, afirma. O homem toma certos cuidados, no entanto, por exemplo comendo alimentos importados de fora da zona.

Matsumura fugiu de Fukushima no começo do desastre, e voltou inicialmente por causa dos seus próprios animais. Porém, logo percebeu quantos mais precisavam de sua ajuda. Ele descobriu que milhares de vacas morreram trancadas em celeiros, e ajudou a libertar as que ainda estavam vivas, além de muitos animais que tinham sido deixados acorrentados por seus proprietários.

Muitos desses bichos agora contam com Matsumura para comer. O governo proibiu-o de ficar na zona, mas isso não impediu o nobre homem de continuar sua missão, iniciada em 2011, até hoje. Ele se baseia exclusivamente em doações de apoiadores para trabalhar e alimentar os animais.

Veja algumas imagens do japonês com seus animais queridos: [BoredPanda]

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-1

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-2

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-3

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-5

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-6

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-7

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-9

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-11

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-13

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-14

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-16

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-17

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-18

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-19

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-21

fukushima-radioactive-disaster-abandoned-animal-guardian-naoto-matsumura-22

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *