Dando asas à informação

O incrível sistema inteligente que identifica motoristas bêbados em uma boate de Cingapura

zouk-urine-analyzer-550x343

Acidentes causados por embriaguez ao volante são um grande problema em todo o mundo, e a cidade-estado de Cingapura não é exceção. Com mais de 2.140 casos relatados de embriaguez ao volante nos últimos 12 meses, as autoridades estão tendo problemas para lidar com isso de forma eficiente.

Felizmente, Zouk, uma das boates mais bem frequentadas do sudeste da Ásia, parece ter criado uma maneira engenhosa de impedir a prática perigosa.

As estatísticas mostram que quase todos os motorista bêbados acreditam que estão sóbrios o suficiente para dirigir. Mas e se pudéssemos mostrar a eles que estão errados e convencê-los a tomar um táxi para casa?

Essa é a ideia por trás da nova análise de xixi nos mictórios da Zouk. A discoteca fez uma parceria com a agência de marketing DDB Group para criar um sistema único de identificação e teste de motoristas bêbados, que desestimula os clientes a voltar para casa dirigindo.

Primeiro, a boate substituiu os cupons de estacionamento habituais por cartões RFID (sigla para Dispositivo de Identificação de Frequência de Rádio), que os clientes precisam trocar pelas chaves de seu carro com os manobristas do clube.

Em seguida, o local equipou cada urinol da boate com gadgets que podem detectar álcool na urina. Os aparelhos são ligados a um leitor de RFID que identifica os motoristas através de seus cartões de estacionamento. Se o seu nível de álcool está acima do limite legal, o cartão é marcado e uma mensagem é exibida acima do mictório, dizendo-lhe que você bebeu muito e aconselhando-o a chamar um táxi ou usar o sistema de carona do Zouk.

No balcão, quando o cliente tenta trocar seu cartão de estacionamento pelas chaves do carro, um outro leitor verifica o cartão RFID da pessoa para identificar potenciais motoristas bêbados, que são então convidados a usar um táxi ou o sistema de carona da boate.

Durante um período de duas semanas, mais de 573 motoristas bêbados foram detectados, dos quais 342 optaram por deixar seus carros na boate. A campanha provou ser uma solução promissora para a embriaguez ao volante, e agora deve ser lançada em todo o país. [OddityCentral]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *