Dando asas à informação

Os 10 maiores segredos que você não pode saber

Como cidadãos, nós temos direito a informação, garantido por lei. Ainda assim, existem alguns segredos que os governos e as empresas protegem a todo custo, e essas coisas, não importa o quanto queiramos saber, não podemos. Confira 10 dos mais bem guardados segredos:

1 – Segredos comerciais

Esta é uma disposição legal necessária. Afinal, a competição saudável é fundamental para uma sociedade capitalista, e as empresas precisam ser “protegidas” para não serem passadas para trás por imitadores baratos. Desta forma, monopólios também são garantidos. Por exemplo, se alguém descobrisse a fórmula secreta da Coca-Cola, ela não seria mais a número um do mundo, já que qualquer um poderia simplesmente fazê-la em casa. Tudo pelo qual a empresa trabalhou nos últimos anos seria perdido.

2 – Locais das jazidas de petróleo

Se isso não fosse segredo, os locais de depósitos de petróleo iriam protagonizar várias brigas por terras. Qualquer um poderia comprar uma terra com poços e tornar-se instantaneamente rico. E, se alguém tivesse acesso privilegiado a esse tipo de informação (e sempre tem alguém), seria capaz de investir mais em tais propriedades, tornando o mercado desigual. Definir a igualdade de condições é tarefa do governo, mesmo que ele pareça estar favorecendo corporações ao invés da população.

3 – Inteligência

Há todo um processo através do qual um governo obtém informações sobre os acontecimentos de vários países e pessoas (através de suas agências de inteligência. No Brasil, temos a ABIN, nos EUA a CIA). O governo pode liberar uma informação, deliberadamente vazar uma informação ou rebaixar ou remover o status de “segredo” de uma informação. Porém, algumas delas são guardadas a sete chaves de tudo e todos, e podem servir como uma “arma” ou uma vantagem para o governo em questão.

4 – Informação privilegiada

Outro importante segredo é a ilegalidade da aquisição de relatórios financeiros que ainda serão liberados para o público (e usá-los para própria vantagem). Isso garante que não haja fraudes para enriquecimento pessoal. Nos EUA, um caso famoso é da Martha Stewart, que tentou lucrar (além de seus já altos lucros) usando essa manobra ilegal, uma tática que a levou à prisão.

5 – Informações bancárias

Esta disposição legal na verdade funciona contra o governo. A lei bancária suíça, criada em 1934, protege contas bancárias estrangeiras, o que permite que os clientes fujam de impostos e, essencialmente, mintam sobre seu nível de riqueza. Isso proíbe as figuras de autoridade de acessar informação sobre os clientes, exceto quando determinados indivíduos estão sendo acusados e suas informações bancárias podem servir no caso. Mas você pode imaginar o tipo de abuso e corrupção que este tipo de disposição permite (e já deve ter visto tal situação inúmeras vezes nos noticiários). Este é um exemplo de lei que parece servir a bancos e grandes corporações mais do que a maioria da população. Existem algumas medidas anticorrupção implementadas desde a lei, que trabalham contra o sigilo bancário e outras manobras ilegais.

6 – Registros médicos ou prontuários

Outra disposição legal de privacidade é o segredo de registros médicos. Por juramento, todos os médicos e especialistas devem, por lei, ter um acordo de confidencialidade com seus pacientes, que só pode ser quebrado em caso de questão de segurança do paciente ou de outros. O principal objetivo desse segredo é evitar a humilhação e/ou discriminação de pacientes.

7 – Armas nucleares

Esta é uma evidência de que a corrida armamentista nunca se encerrou, pelo menos não completamente. Manter um status de “Top Secret”, o mais alto nível de segredo de uma informação (que indica o prejuízo que ela causa se exposta) é aplicado por nações do mundo todo com acesso a tecnologia nuclear. O conhecimento que eles têm na aérea é algo que nunca será revelado a ninguém, a não ser funcionários do governo com classificação de segurança máxima. Não divulgar o arsenal nuclear dá uma vantagem às nações, principalmente evitando que rivais saibam exatamente com o que estão lidando (o que não seria bom para quem está blefando).

8 – Segredos militares

Esse é obvio. Tudo que possa comprometer uma guerra ou colocar as vidas de solfados em risco é segredo máximo. Em tempo de guerra, os locais de tropas ou qualquer tipo de estratégia é “top secret”, para evitar consequências terríveis.

9 – Segredos de corte

Detalhes de um processo judicial que podem influenciar o júri e/ou o resultado não podem ser revelados. O processo judicial é muito delicado, muitas vezes decidido por pessoas escolhidas ao acaso, que determinam o destino e a culpa/inocência de um ser humano. E sendo que ninguém neste cenário é menos que humano, ou seja, capaz de ser enganado, influenciado, etc, faz sentido manter sigilo sobre detalhes do caso que, nas mãos erradas, poderiam pôr em risco os participantes. Da mesma forma, os detalhes de uma investigação aberta são mantidos em segredo.

10 – Tudo que o governo considerar que deve ser segredo

Os governos do mundo todo dão um jeitinho de manter em segredo informações que eles consideram “sensíveis”. Quanto mais secreta, mais mal poderia vir do conhecimento da informação. Itens que se enquadram nessa categoria incluem planos militares, táticas de negociação, desenhos de armas, etc. Para os teóricos da conspiração, isso significa que pode muito bem existir prova de contato alienígena sendo guardada em segredo pelas nações.[Listverse]

2 comentários

  1. Falta incluir os segredos dos evangelhos apócrifos´, heréticos ou gnóticos que o Papa não deixa ser examinado e divulgado por peritos, inclusive todos os segredos de Nossa Senhora de Fátima. Incluam na próxima edição.

  2. As falcatruas de politicos e outros mais,,

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *