Dando asas à informação

Os 11 filhotes selvagens mais fofos do mundo

Eles podem não ser seus bichos de estimação preferidos, já que seu habitat não é uma casa, mas sim a natureza, mas não há como resistir aos encantos dos filhotinhos de algumas espécies incríveis que habitam esse mundo junto conosco. Confira:

1 – Leopardo-nebuloso

Estes dois filhotes machos de leopardo-nebuloso, chamados Sa Ming (“bravo guerreiro”) e Ta Moon (“criança travessa”), nasceram em março de 2009 em um zoológico de Washington, nos EUA.

A espécie recebe seu nome por causa da pelagem marcada com grandes elipses irregulares, beges com bordas escuras, que se parecem com nebulosas.

Os leopardos são nativos do sudeste da Ásia e estão listados como vulneráveis à extinção devido ao desmatamento e a caça. Tem sido difícil os reproduzir em cativeiro, de modo que o nascimento dos filhotes foi especialmente emocionante para os zoólogos.

2 – Ouriço-caixeiro

Essa espécie, um tipo de porco-espinho arborícola, fica decididamente “não fofa” quando cresce. Mas olha que filhotinho lindo!

Esse bebê porco-espinho também nasceu no zoológico de Washington. Conforme os bebês porcos-espinhos crescem para um tamanho adulto, com mais de cerca de um ano, eles gradualmente perdem seus pelos vermelhos e ganham espinhos afiados.

Estas criaturas são roedores nativos da América Central e do Sul. Suas caudas atuam como um “quinto” membro, para ajudar a agarrar galhos durante uma escalada.

3 – Tartaruga Batagur baska

Esta tartaruga Batagur baska adorável é uma de apenas 20 indivíduos conhecidos na natureza e em cativeiro. A espécie está criticamente ameaçada de extinção.

Seis exemplares da tartaruga, incluindo esse bebê, vivem no zoológico Schönbrunn, em Viena, Áustria. O nascimento desse bebê foi a primeira vez que a espécie se reproduziu com sucesso em cativeiro.

Sua casa são os rios de Mianmar, Tailândia, Vietnã, Camboja, Indonésia, Índia e Bangladesh. Porém, as tartarugas Batagur baska foram caçadas quase à extinção pela sua carne e ovos, considerados iguarias.

4 – Elefante

Mesmo elefantes recém-nascidos são algumas das criaturas mais pesadas do mundo animal. Este bebê elefante asiático, chamado Baylor, nasceu pesando 158 quilos em maio de 2010, em um zoológico de Houston, EUA. Sua mãe passou por uma gravidez que durou quase 23 meses. Cerca de duas horas após o nascimento, o filhote foi capaz de ficar em pé sozinho.

5 – Flamingo-americano

Flamingos adultos podem ser conhecidos por suas cores berrantes e graça sublime, mas seus bebês parecem bolinhas de pelo branco.

Essa fêmea nasceu no zoológico Audubon, em Nova Orleans, EUA. Os filhotes de flamingo levam entre 24 e 36 horas para chocar os seus ovos. Eles saem das cascas usando um crescimento especial de seu corpo chamado de “dente do ovo”. Este “dente” falso cai logo após a eclosão do ovo.

6 – Tapir-da-malásia

Esse filhote macho chamado Kamal, cujo nome significa “perfeição”, nasceu em abril de 2010 no jardim zoológico de Edimburgo, na Escócia.

Essas criaturas estão relacionadas com os rinocerontes e cavalos. Encontrados nas florestas da Malásia, Tailândia, Birmânia e Sumatra, os tapir-da-malásia estão ameaçados de extinção devido à perda de habitat e caça.

Os mamíferos crescem até ficarem muito diferentes do que eram quando jovens; ao invés de ter um “casaco” preto com pintinhas brancas e listras, os adultos têm um corpo preto com uma faixa grossa branca no meio.

7 – Orangotango

Como primatas, os orangotangos são primos dos seres humanos, apesar de serem um pouco mais cabeludos. Este orangotango de Sumatra, chamado Menari, nasceu em Nova Orleans em junho de 2009. Na natureza, a espécie é encontrada apenas na ilha indonésia de Sumatra, e está em extinção devido à perda de seu habitat natural.

8 – Urso polar

Embora sejam criaturas fofíssimas quando jovens, os bebês ursos polares se tornam predadores ferozes. Eles são habitantes controversos de zoológicos, pois muitos conservacionistas argumentam que não se deve criar e reproduzir estes ursos violentos em jardins zoológicos, ao invés de em seu habitat natural.

No entanto, a “casa” do urso polar – o gelo do Ártico – está diminuindo rapidamente devido a mudanças climáticas.

9 – Girafa

A bebê girafa Miles nasceu em janeiro de 2009 no jardim zoológico de Houston, EUA. Girafas são os animais mais altos de vida terrestre.

Enquanto os adultos machos chegam em média a 5 metros de altura, Miles nasceu com 1,80 metros de altura, nada mau em comparação com nós, os baixinhos seres humanos. Miles foi capaz de se levantar por conta própria pouco mais de uma hora após o seu nascimento.

10 – Pinguim-gentoo

Bebês de pinguim-gentoo são basicamente versões mais fofas de suas contrapartes adultas. Esse pinguim nasceu em maio de 2010 em Edimburgo, na Escócia.

Até que tenham cerca de 3 meses de idade, os filhotes são devidamente alimentados pelos seus pais. Nesse ponto, eles começam a crescer penas de adulto e a se defender um pouco mais. Estes pinguins, nativos da Antártida, são as aves nadadoras mais rápidas conhecidas.

11 – Panda-gigante

O panda-gigante Tai Shan é uma celebridade. Quando ele nasceu, no zoológico nacional Smithsonian em Washington, em julho de 2005, foi responsável por um aumento de 50% na circulação do zoológico, além de uma
série de sites de fãs.

Como os pais de Tai Shan pertencem a China, mesmo que o filhote tenha nascido nos Estados Unidos, ele ainda pertence à China por lei. Em fevereiro de 2010, Tai Shan embarcou para a sua casa permanente, em Sichuan, na China. Nesta imagem, Tai Shan tem 11 semanas de idade.[LiveScience]

2 comentários

  1. Muito fofosssssssss…

    • lindoooooooos!!!!!!!!!!!! todos fofos amei o orangotango e o pinguim:D

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *