Dando asas à informação

Os 9 instrumentos musicais mais estranhos

Existe música para todos os gostos, e aparentemente instrumentos musicais também. Não bastasse os músicos estranhos que o mundo tem, eles tinham que tocar também coisas estranhas. Confira:

1 – Badgermin

Mais estranho que isso impossível: o badgermin (badger + theramin, ou seja, texugo + teremin, um dos primeiros instrumentos completamente eletrônicos) é um instrumento real! O animal não está vivo (graças a Deus), apenas empalhado. Sonoramente, ele não é mais estranho do que o teremin sozinho (usado em muitos filmes de ficção científica por causa de seu som de outro mundo). E, ao contrário de outros instrumentos estranhos, esse você pode possuir – basta entrar em contato com o criador David Cramner.

2 – 12 guitarras

Essa obra de arte do artista japonês Yoshihiko Satoh tem 72 cordas de puro poder. No entanto, você vai precisar de mais braços para tocá-la. Mas imagine que estrago ela não faria num bom show de rock!

3 – A Orquestra de Vegetais de Viena

Esse não é apenas um instrumento estranho, mas uma orquestra inteira. Vendedor de vegetais de manhã, tocador de vegetais a noite! O dono dessa coleção é provavelmente o pesadelo de qualquer criança. Gostosos ou não, os vegetais até que são sonoros.

4 – O Órgão Stalacpipe

Esse é o maior instrumento musical do mundo. Localizado nas cavernas Luray de Virgínia, EUA, este instrumento tecnicamente conhecido como um Litófono (um instrumento feito de rocha) foi inventado por Leland W. Sprinkle. Diz a lenda que, em 1956, ele notou a ressonância musical na caverna quando seu filho bateu a cabeça em uma estalactite. Durante vários anos, ele pesquisou o local encontrando todas as afinações possíveis e as ligando. Um teclado eletrônico controla o órgão, que pode ser ouvido em toda a caverna.

5 – Harmônica de Vidro

O desenvolvimento desse instrumento deve-se ao trabalho de Benjamin Franklin em 1761. Inspirado pelo som de taças de vidro, Franklin criou uma versão que se tornou o conceito do instrumento. Trinta e sete taças são dispostas em um eixo e, lentamente, giradas. O músico toca apenas os vidros com os dedos molhados. Com a invenção de Franklin, mais de dois tons pode ser tocados de uma só vez, produzindo acordes belos. Em seu auge, mais de 100 compositores escreveram músicas para o instrumento, incluindo Mozart e Beethoven. Ninguém sabe ao certo por que ele caiu em desuso.

6 – Casa Musical

A casa de um homem pode também ser seu instrumento. A casa Wege, localizada no norte do Lago Michigan, é uma experiência criada pelo arquiteto David Hanawalt e por Bill Close, artista de instalações sônicas. Construída como uma espécie de harpa bizantina, as cordas pairam ao longo das paredes e pelos corredores, permitindo que os membros da família e seus convidados as toquem de forma aleatória. Isso é que é viver em harmonia!

7 – Zeusaphone

Nicola Tesla criou a bobina de Tesla em 1891. Em 2007, alguns inventores aproveitaram as correntes de baixa tensão e alta frequência da bobina, e criaram o Zeusaphone. Batizado em homenagem ao deus grego, esse instrumento estranho eletriza qualquer um.

8 – Arame musical

Muitos dos aparelhos dessa lista são chamativos e caros, mas esse é bem simples. O violinista/artista John Rose conseguiu reproduzir e gravar o som alegre de cercas de arame farpado ao redor do mundo com apenas um arco de violino com resina. Se você pensar nisso, muitas cercas são, em essência, apenas gigantes instrumentos de corda prontos para serem tocados.

9 – Árvore que canta

No topo de uma colina árida em Lancashire, Inglaterra, ergue-se esta escultura musical incomum. Projetada pelos arquitetos Mike Tonkin e Anna Liu, a “árvore” é composta de uma série de tubos, cortados e empilhados de forma espiral. Quando o vento sopra, ecoa um som hipnotizante através da encosta, como um efeito de som perdido de um álbum do Pink Floyd.[Oddee]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *