Dando asas à informação

Povo Tujia: noivas são obrigadas a chorar antes do seu casamento

As culturas ao redor do mundo são muito diferentes, e tem coisas que as pessoas fora dela não entendem. Por exemplo, o costume de chorar antes do casamento, da província de Sichuan, no sudoeste da China.

Muitas mulheres, bem como as noivas, choram durante casamentos. Mas ser “obrigatório” para uma noiva chorar antes ou durante seu próprio casamento parece um pouco melodramático, não?

O “ritual de choro” do casamento estava em seu auge na China no início do século 17, e assim permaneceu até o final da dinastia Qing, em 1911.

Diz-se ter originado durante o Período dos Reinos Combatentes (475-221 aC), quando os registros históricos revelam que a princesa do Estado Zhao estava para se casar com alguém do Estado Yan. No momento da partida da princesa, a mãe chorou a seus pés, pedindo-lhe para voltar para casa o mais rápido possível. Essa história é considerada o primeiro casamento com o ritual do choro.

Embora o costume não seja tão popular hoje em dia, algumas famílias ainda o praticam. Especialmente o povo Tujia, da província chinesa de Sichuan, na qual o ritual ainda é obrigatório.

O evento em si é bastante simples: a noiva tem que derramar lágrimas. Apesar de parecer fácil, fazer algo porque você é obrigado a fazê-lo às vezes pode se mostrar um desafio.

Se a noiva não conseguir chorar, será desaprovada (e todos sabem os males da desaprovação social). Ela pode até virar motivo de piada. Em um caso extremo, a noiva foi espancada por sua mãe por não chorar no casamento.

O ritual é praticado de forma diferente em várias regiões da província de Sichuan. No oeste, por exemplo, o costume é chamado de “Zuo Tang” (sentada no salão). Literalmente, isso significa que a noiva é obrigada a se sentar em um salão e chorar. Durante um mês inteiro antes do grande dia, a menina entra em um grande salão e chora por cerca de uma hora. Após cerca de 10 dias, sua mãe se junta a ela. 10 dias mais tarde, a avó se junta à equipe. Alguns dias mais tarde, as irmãs da noiva e tias participam também.

Também há uma canção envolvida no ritual. Apropriadamente chamada de “Canção do Choro no Casamento”, o canto exagerado dos versos aparentemente define a atmosfera do casamento muito bem. Algumas outras músicas com temas de etiqueta, diligência e piedade filial também podem ser cantadas.

Em alguns rituais, além de chorar, a nova pode xingar seu/sua casamenteiro(a). A tradição vem do fato de que as mulheres de antigamente não tinham palavra quanto a seu casamento, e estavam à mercê dos casamenteiros.

Ou seja, embora o objetivo por trás do ritual seja trazer um clima de felicidade usando palavras tristes falsas, algumas noivas realmente choravam de infelicidade com suas vidas e escolhas de marido.[OddityCentral]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *