Dando asas à informação

“Saltador de colchões” é uma profissão de verdade

Está procurando por um emprego, mas não tem habilidade nenhuma? Que tal “saltador de colchões”?

Bom, apesar de ser uma profissão de verdade, além de ser o sonho de toda a criança para quando crescesse, não é para qualquer pessoa sem habilidade nenhuma.

Muito pelo contrário. Segundo o saltador profissional de colchões Rúben Reynoso, é um trabalho de verdade que tem um jeito certo de ser feito.

Sabe esses colchões caríssimos feitos à mão? Pois fique sabendo que também são “feitos ao pé”, já que alguém é realmente pago para saltar sobre eles centenas de vezes, a fim de comprimir nada menos que 28 camadas de algodão.

“Não é para todos. Há um jeito certo e um jeito errado de se fazer isso. Não tem a ver com saltar mais alto ou dar cambalhotas, mas sim usar suas solas para comprimir as camadas dos colchões e detectar eventuais nódulos, mesmo do tamanho de ervilhas, no seu recheio”, explica Reynoso.

Para tanto, o profissional usa um padrão de pulo muito preciso, certificando-se que cobriu toda a superfície do colchão, sem desgastá-lo.

Reynoso trabalha na fábrica de colchões McRoskey em São Francisco (EUA). Antes de começar seu trabalho, ele coloca um tapete grosso protetor sobre o colchão, para evitar que o cheiro de seus pés seja absorvido pelo tecido.

Em seguida, ele vai do meio até as bordas saltando cinco passos para frente e cinco passos para trás. Esse padrão permite que ele passe por todo o colchão sem ter que saltar muito sobre ele.

Moderação é a chave para esse tipo de trabalho, já que dar muitos saltos pode rasgar ou furar o colchão, ou torná-lo muito comprimido, enquanto poucos saltos farão com que ele não se encaixe na máquina de costura gigante para a costura final.

Sendo assim, não, uma criança cheia de energia não é a mais indicada para esse trabalho. Para ser um saltador de colchões profissional, é preciso ser paciente, cuidadoso e perfeccionista. Até por conta disso, os saltadores só podem preparar três colchões por dia.

Perguntado por que Reynoso tem um trabalho desses, o saltador respondeu: “O sono é muito importante. Todo mundo no mundo tem de dormir. Eu gosto de fazer parte disso”.[OddityCentral]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *