Dando asas à informação

Você conseguiria viver na rua mais íngreme do mundo?

baldwin-street2-550x366

Se você vivesse na Baldwin Street, na cidade de Dunedin, na Nova Zelândia, com certeza teria músculos fortes nas pernas e bastante resistência.

Os moradores afirmam que a longa rua de 350 metros detém o recorde mundial para a mais íngreme do mundo. Enquanto o fato não foi confirmado oficialmente ainda, é definitivamente crível: a via é tão íngreme que é pavimentada com concreto, uma vez que simples asfalto fluiria para baixo da encosta em um dia quente.

A Baldwin tem uma inclinação de 1:2,86, um gradiente de 36%. Isto significa que, para cada 2,86 metros percorridos na horizontal, a rua sobe um metro. Isso é muito exercício para os moradores do subúrbio residencial de North East Valley, onde a rua está localizada.

As partes mais baixas são apenas moderadamente íngremes, mas conforme se sobe o logradouro…

baldwin-street3-550x413

Compreensivelmente, as pessoas que vivem na rua muitas vezes estão em forma. Kevin Hanifin, que faz entregas do correio na rua há três anos, diz que a sua condição física melhorou muito. Ele prefere começar suas entregas no topo, enquanto Hamish Lilly, um office-boy, faz o contrário.

Quando residente de 63 anos de idade Dave Kernahan decidiu perder peso, ele nem se incomodou em pagar uma academia. Simplesmente passou a andar para cima e para baixo da rua, e agora é capaz de correr 30 voltas por dia.

Nem todo mundo gosta de caminhar na rua, no entanto. A residente Sue Marshall disse que só esteve em seu topo uma vez, e seu marido nunca ainda.

Se você está achando que, se morasse por lá, só usaria carro… Bem, até dirigir nessa inclinação toda pode ser um grande desafio. Quando o artista Daniel Mead pintou um mural na parte superior da rua em 2013, ele disse que a parte mais difícil foi dirigir até lá. “Poderia ter sido uma ideia melhor andar, já que eu acho que arruinou o meu carro”, conta.

baldwin-street4-550x413

Curiosamente, a situação da rua Baldwin é resultado de mau planejamento. Seus criadores eram de Londres e não tinham conhecimento da topografia de Dunedin. Eles planejaram as ruas em um padrão de grade e, quando a construção começou, perceberam que havia colinas perigosamente íngremes onde supostamente as ruas deveriam ser colocadas.

Em vez de voltar à prancheta de desenho, os planejadores decidiram continuar com seu design original. Eles nem sequer incorporaram um ziguezague para domar a inclinação. Onde as encostas revelaram-se demasiado íngremes, eles simplesmente não fizeram nada.

O projeto bizarro resultou em Baldwin Street. Outras ruas, correndo paralelas à Baldwin, são bastante íngremes também. A rua Arnold tem 1:3,6, a Dalmeny 1:3,7, e a avenida Calder tem 1:5,4.

baldwin-street-550x365

Para festejar a diferença de Baldwin, seus moradores organizam um festival anual na rua, a fim de arrecadar dinheiro para caridade. Atletas correm para cima e para baixo da rua. O melhor tempo até agora foi de 1 minuto e 56 segundos. Há também a Corrida Cadbury Jaffa, em que chocolates esféricos são lançados para baixo da encosta. Cada doce é numerado, e o vencedor é premiado com… mais doces. [OddityCentral]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *