Dando asas à informação

XXX Hot Chili Burger: hambúrguer mais apimentado do mundo já colocou cinco no hospital

Burger-off-XXX-Chilli-550x314

Você estaria disposto a colocar sua saúde em risco por um pedaço do hambúrguer mais apimentado do mundo?

Para surpresa geral, tem gente que está. Tanto que o XXX Hot Chili Burger vende bastante, mesmo que para comê-lo seja necessário ter mais de 18 anos e assinar um acordo dizendo que está ciente dos seus perigos e não responsabiliza a lanchonete pelos resultados.

O restaurante responsável pelo XXX, o britânico Burger Off, que fica em Sussex, afirma que o hambúrguer mede colossais 9,2 milhões na Escala de Scoville, usada para medir o grau de ardência ou pungência de plantas. Só para se ter uma ideia de quão apimentado isso é, um molho tabasco jalapenho mede apenas 600 a 800. Mesmo o spray de pimenta padrão, usado geralmente por oficiais da lei, como policiais, mede “apenas” 5 milhões.

O hambúrguer é feito com um molho especial picante com base em uma pimenta-malagueta concentrada, conhecida como piri-piri (variedade de Capsicum frutescens da família das Solanaceae). 3.000 pessoas tentaram comê-lo até agora, mas apenas 59 conseguiram terminá-lo com sucesso.

O XXX pode causar tanto dano ao corpo que cinco pessoas já foram levadas para o hospital depois de dar algumas mordidas no hambúrguer infame. Um deles teve o intestino perfurado e os outros quatro tiveram choque anafilático.

É preciso ser realmente corajoso para encarar essa “refeição”. Segundo o proprietário da lanchonete, Nick Gambardella, o XXX tem sido um enorme sucesso, inesperado, com os clientes. “Por que eles o comem eu não sei. Sempre aviso que é incrivelmente apimentado e lhes dou todas as advertências de saúde. Eu acho que essas pessoas são um pouco loucas por comê-lo, mas tenho certeza que existe um certo nível de pressão social. Um monte de gente o come como um desafio”, explica.

Felizmente, o hambúrguer ainda não matou ninguém, mas não é como se o prato não pudesse ser fatal, já que as complicações vistas pelos consumidores, como choque anafilático, são reações graves que podem resultar em morte. As vítimas têm sintomas como erupção cutânea, inchaço da garganta, problemas respiratórios e pressão arterial baixa.

Apesar do risco envolvido, Gambardella disse que tem o direito de continuar a servir o XXX , enquanto seus clientes quiserem comê-lo. “Obviamente, eu sempre levo as minhas responsabilidades como um varejista de alimentos a sério, mas se os meus clientes querem um alimento superpicante, tenho o direito de dar-lhes o que eles querem”, defende-se. [OddityCentral]

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *